Comentários do leitor

Ambiguidade Do Gênero No Consumo De Moda

por Jaque Batista (2018-12-12)


Percebe-se atualmente que a indústria televisiva brasileira é capaz de estimular anseios, ditar comportamentos, moda e estilos de vida, buscando vender seus produtos associando-os aos artistas famosos e democratizando imagens a serem compartilhados por todos. A moda reestruturou a sociedade, agora modelada a partir das novidades, da sedução e do frívolo. Em outras palavras, corpo é transformado em mercadoria e desejo de relogio dourado barato beleza, inculcado pela mídia. Para se ter uma idéia, já naquela época se copiava” estilo, ou seja, era comum as criadas copiarem” as roupas usadas pelas patroas. Os dados acima mostram que conceito de moda que era associado apenas ao vestuário, principalmente nas áreas mais especializadas do segmento feminino de roupas, a alta-costura e, mais recentemente, prêt-à-porter ou ready-to-wear, hoje se diversificou e ampliou tanto no setor cultural quanto no econômico, espalhando-se por vários outros segmentos, como perfume e cosméticos, óculos, acessórios, móveis, viagens e até mesmo a música. A moda, portanto como afirma Sant?Anna (2007) mais do que indicar os gostos que mudam de tempo em tempo, a fim de atender a vontade de distinção de um grupo social, é um sistema, que constitui a própria sociedade em que funciona. Vestir-se de maneira ecologicamente correta, observando a procedência e os materias usados na fabricação das roupas, dos acessórios, a da sustentabilidade e a de compra de produtos reciclados, biodegradáveis, é política e socialmente correto.A reconfiguração dos papéis femininos não implicou a reorganização dos papeis masculinos, pelo contrário, reafirmou-, estabelecendo que as mulheres só ocupariam os espaços públicos desde que essas actividades não interferissem no bem-estar da família. Mais do que isso, mercado reproduz juntamente com a mídia ideal de beleza e corpos perfeitos, à prova da velhice, isentos de qualquer descuido ou preguiça. Atualmente as peças de roupa possuem cores vivas, tendências novas, cortes inusitados e inovadores, proporcionando aos que seguem uma tendência, um toque sempre ousado. E, além disso, tema, a estação e as tendências permitem uma gama enorme de possibilidades para criação, seja na modelagem, nos elementos, nas formas e nas cores. Segundo Treptow (2005), a quantidade de peças que serão produzidas de cada modelo, relacionado ao mix de produto, é dividindo entre as três categorias do mix de moda.