MIND THE GAP: UM FILME PRODUZIDO POR ESTUDANTES DA ESCOLA MUNICIPAL JOIR BRASILEIRO (SALVADOR/BA)

  • JORDAN MENDES
  • BEATRIZ BEATRIZ
  • CAIO RABELLO
Palavras-chave: Mind the Gap, Filme, Escola Pública

Resumo

Crianças de rua ganham a oportunidade de fazer um curso de inglês. Este é o enredo de Mind the Gap, filme concebido e produzido por estudantes do Ensino Fundamental II da Escola Municipal Joir Brasileiro que faz um alerta sobre o "gap", o abismo que existe na escola pública e que ficou ainda mais evidente durante a pandemia. O curta-metragem é o produto final de um processo de aprendizagem audiovisual aplicado e tem o objetivo principal de promover uma reflexão sobre a importância de garantir a todos o acesso à educação inclusiva, de qualidade e equitativa, como rege o Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) número quatro da Organização das Nações Unidas (ONU). Como o filme foi produzido em um contexto de ensino da língua inglesa, outros dois objetivos de aprendizagem específicos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foram estabelecidos: interagir em situações de intercâmbio oral, demonstrando iniciativa para utilizar a língua inglesa (EF06LI01) e em situações de intercâmbio oral para realizar as atividades em sala de aula, de forma respeitosa e colaborativa, trocando ideias e engajando-se em brincadeiras e jogos (EF07LI01). O projeto foi desenvolvido com base nas três etapas macro da produção cinematográfica: pré-produção, produção e pós-produção. Nelas, sob a orientação da Professora Conceição Rodrigues, os estudantes definiram o problema social que seria tratado pelo filme, relacionando-o com um dos ODS da ONU; escreveram colaborativamente o roteiro; e gravaram com um smartphone todas as cenas do curta-metragem que, posteriormente, foi editado e finalizado pelo mentor audiovisual Jordan Mendes. O filme demonstra toda sua relevância como produto de aprendizagem ao possibilitar que todos os estudantes envolvidos identificassem o lugar de si e o do outro em um mundo plurilíngue e multicultural, refletindo, criticamente, sobre como a aprendizagem da língua inglesa contribui para a inserção dos sujeitos no mundo globalizado, inclusive no que concerne ao mundo do trabalho, desenvolvendo na prática uma das competências específicas de língua inglesa da BNCC. Mind the Gap escancara o potencial criativo dos estudantes da escola pública e nos mostra o quão importante e necessário é oportunizar aos jovens de escola pública o protagonismo através de experiências de aprendizagem ativa baseada em projeto.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-08-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 31
  • PDF downloads: 5
Seção
Categoria II: Jovens Pesquisadores do Projeto da Rádio e da Educação Básica