DESAFIOS PSICOSSOCIAIS CAUSADOS PELA PANDEMIA DO COVID 19 AOS JOVENS DA COMUNIDADE DA TIMBALADA SSA/BA

  • WILLIAMS OLIVEIRA MARTINS
  • KÁTIA SOANE SANTOS ARAÚJO
Palavras-chave: Desafios Psicossocial, Pandemia, Jovens/adolescentes

Resumo

A sociedade está transformando-se com os efeitos da pandemia do Covid-19. O estresse psicológico em um ambiente hostil, carecido de infraestrutura e lazer como a favela, é um dos desafios que os jovens, moradores dessas comunidades, enfrentam, atualmente. Segregados, por inúmeros fatores que muitas vezes os colocam a margem da sociedade, os mesmos infrentam os desafios diários e tentam habituar-se com as problemáticas socias e pandêmicas. As medidas tomadas pela Organização Mundial da Saúde - OMS, junto com os estados e municípios, contribuíram para a amenização das consequências da pandemia, no Brasil. Entretanto, mesmo com os esforços de algumas instâncias políticas e como a chegada da vacinação, um dos efeitos diretamente vivenciado pela população é a crise psicossocial (saúde mental e desafios sociais) no enfretamento dos obstáculos, advindo desse período complexo, impactando principalmente na vida dos jovens e adolescentes, uma vez que essa fase é repleta de indagações, descobertas e incógnitas sobre a existência no mundo e na humanidade, pois de acordo com a Fundação Osvaldo Cruz (2020) “ (...) quando pensamos nos efeitos da pandemia sobre a saúde mental de crianças e adolescentes é fundamental que consideremos que são seres em desenvolvimento e a forma como compreendem e explicam o mundo vai variar segundo o estágio em que se encontram, suas experiências anteriores, sua capacidade cognitiva e também da cultura em que estão inseridos”. O medo do contágio, a transmissão e a ansiedade por uma “cura”, desencadeiam transtornos como depressão, somatização e diferentes síndromes, nesta quarentena. É notório que a pandemia agravou uma série de problemáticas socias, já existentes no Brasil, principalmente o enfrentamento dos obstáculos ocasionados pela perda dos entes queridos para uma “doença invisível”. Tal problemática, demanda a procura por estratégias terapêuticas para amenizar os desafios vividos neste momento, porém nem todos tem condições financeiras para cuidar da saúde psíquica, agravando ainda mais a interação com essa realidade. Nesse sentido, essa proposição reflexiva de pesquisa tem como objetivo discutir sobre os desafios psicossociais causado pela pandemia do Covid-19 e as dificuldades enfrentadas de quem busca o acompanhamento psíquico. Para tanto, selecionaremos um grupo de jovens/adolescentes, moradores da comunidade da Timbalada, como grupo focal, para identificarmos a problemática explicitada e analisarmos os possíveis achados, para com isso criar propositivas discursivas para amenizar esses obstáculos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2021-08-30
Métricas
  • Visualizações do Artigo 68
  • PDF downloads: 20
Seção
Categoria II: Jovens Pesquisadores do Projeto da Rádio e da Educação Básica