PRORROGAÇÃO da Chamada pública para composição do Dossiê Temático FORMAÇÃO DOCENTE – DESAFIOS E PRÁTICAS EM TEMPOS DE ACELERAÇÃO

2022-09-15

EMENTA:

É inegável, histórica e sociologicamente, que o tempo presente é um constante fluxo de experiências sociais, que a partir da realidade industrial e de modernização tecnológica, situada com maior proeminência no século XIX, modificou completamente a organização das sociedades e suas dinâmicas de constituição, entre elas, a educação formal. Segundo Hartmut Rosa, o mundo se mantém em constante processo de Aceleração, onde o tempo e o espaço são experimentados com outras percepções, e nossa ação no tempo e no espaço também, por consequência. As tradições e a necessidade humana de entendê-las tornaram-se fugazes, sem que tenhamos tempo de “ruminá-las”, de esquecer um pouco o passado para resgatá-lo com maior discernimento depois. Tudo é para ontem, tudo que é sólido, se volatiliza, ou modernizando Karl Marx através de Zygmunt Bauman, se torna líquido. 

A educação é lócus privilegiado de análise neste contexto, e significada no tempo que nos constitui, também sofre os efeitos da aceleração em sua dinâmica, em seus pressupostos, em suas necessidades e suas práticas. Docentes e estudantes tentam acompanhar novos paradigmas - aqueles muito mais que estes -, porque pensar a docência não acontece sem pensar os discentes, nascidos em uma geração mais acelerada que a anterior, dominando melhor o, “dilúvio de informações”, de que nos fala Pierre Levy.  

O Estado, as Instituições Educacionais, as representações sociais e de classe, se voltam em conjunto para pensar uma mudança de práticas e paradigmas que atendam ao mundo moderno acelerado. Quais impactos no processo de ensino/aprendizagem? Quais direções tomar diante das determinações e marcos legais? Como tornar o ensino significativo para docentes e estudantes? O quê, como e para quem ensinar? São questões de primeira ordem que nos propomos pensar aqui, a partir do que já se tem feito, e do que se tem observado nos processos formativos atuais.

Encerramento: 30 de novembro de 2022 (Prorrogada até 31 de janeiro de 2023)

INSTRUÇÕES:
- Os manuscritos podem ser submetidos em português, espanhol ou inglês.

- As orientações para apresentação/redação de artigos constam na página WEB da CEDU (https://www.revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/about/submissions#onlineSubmissions)

- Os manuscritos devem ser enviados via sistema da CEDU (https://www.revistas.uneb.br/index.php/cenaseducacionais/login) indicando nos COMENTÁRIOS PARA O EDITOR que a proposta deve ser direcionada ao dossiê FORMAÇÃO DOCENTE – DESAFIOS E PRÁTICAS EM TEMPOS DE ACELERAÇÃO.
- OBS: todas as propostas submetidas passarão por análise preliminar pela organização/editoria para verificação de adequação ao escopo do dossiê temático. Caso sejam selecionados, serão encaminhados para o processo de revisão às cegas por pares, conforme as normas da CEDU.

 

Organização:

Prof Me Rodrigo Freitas Lopes - Doutorando em História, Poder e Práticas Sociais pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná. Mestre em História pela Universidade Federal da Bahia. Professor na Universidade do Estado da Bahia.

Profa Dra Cristiane Batista da Silva Santos - Doutora em Estudos Étnicos e Africanos pela Universidade Federal da Bahia. Professora na Universidade Estadual de Santa Cruz. 

Prof Dr Fabricio Herbeth Teixeira da Silva - Doutor em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Professor na Univeritas.