SERIA CÔMICO, SE NÃO FOSSE TRÁGICO: O FUXICO E O CANGAÇO

  • Manoel Neto 7133215081
Palavras-chave: cangço, fuxico, cômico, trágico

Resumo

      O hábito ou mau hábito, como preferem alguns, de fuxicar, de falar da vida alheia, ou seja, esse velhíssimo costume presente em todas instâncias da vida brasileira, urbana ou rural – porque os ricos, os cultos, os eruditos também fofocam – contribui, muitas vezes, para enriquecer a narrativa histórica, o folclore e o imaginário nacional.

      No Cangaço não foi diferente. O estranho, contudo, é que as futricas que foram determinantes para melindrar relações e provocar conflitos sangrentos naquele universo, já potencialmente violento, sejam citadas como aspecto apenas circunstancial na numerosa e diversificada bibliografia sobre a temática, salvo uma ou outra exceção.

      Este artigo se propõe a demonstrar que certos fatos, quando contextualizados, desmentem que a cizânia, pode provocar além de simples inimizades, tragédias que maculam para sempre a vida e a consciência dos envolvidos em tais tramas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2022-02-25
Métricas
  • Visualizações do Artigo 613
  • PDF downloads: 52
Edição
Seção
Artigos