[1]
A. Sampaio, “Notas para a crítica da violência”, Anãnsi, vol. 1, nº 1, p. 115-142, set. 2020.