A ditadura civil-militar brasileira nas páginas do Tribuna do Povo

  • Alexandre Borges Cavalcante
  • Maria Akemi Yamakawa

Resumo

O presente artigo faz uma análise de como a ditadura civil-militar, iniciada no ano de 1964, foi retratada nas páginas do periódico Tribuna do Povo, que circulou na cidade de Juazeiro de 1957 a 1964. Usou-se como corpus de análise 5 edições, a primeira datada do dia 7 de abril e a última do dia 25 de dezembro de 1964. O artigo analisa como o jornal se posicionou a respeito da ditadura, com base nas reportagens, notas curtas, crônicas e colunas de opinião. Comprovou-se que o periódico reproduziu o regime como defensor dos ideais de ordem, segurança e de combate ao comunismo, nos dias imediatos ao golpe. Contudo, este posicionamento mudou após novos acontecimentos, como a prisão de Jorge Gomes, dono do jornal e, à época, vereador, cassado pelo Ato Institucional número 1, de 9 de abril de 1964. Comprovou-se que o periódico foi usado para a defesa do proprietário que desejava reaver o cargo e se defender de acusações

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-03-10
Métricas
  • Visualizações do Artigo 150
  • PDF downloads: 67