Métodos/abordagens no ensino de línguas em uma sociedade multiletrada

Rodrigo Smaha Lopes, Jaqueline Laís Salles, Nelza Maura Pallu

Resumo


O presente artigo objetiva discutir sobre os métodos/as abordagens de ensino em idiomas - mais especificamente em língua inglesa, em face de seu prestígio no mundo globalizado - analisando se os mesmos possibilitam uma prática pedagógica voltada ao multiletramento, contribuindo, assim, para a formação de um aluno com consciência ético-crítica e para uma prática docente mais reflexiva e participativa. Atualmente, o processo de ensino e aprendizagem de língua estrangeira se depara com uma significativa lacuna entre os objetivos do professor para com a matéria, e as expectativas dos alunos para com a língua. O professor de inglês, nesse ínterim, precisa estar apto a lidar com os avanços tecnológicos, úteis ao ensino-aprendizagem, e com os novos perfis de discentes que estão chegando às instituições de ensino. Espera-se, com este trabalho, que os educadores que atuam no campo da língua inglesa, reflitam sobre suas posturas em sala de aula e busquem uma formação continuada, em prol de um ensino condizente com a realidade vigente.


Palavras-chave


Ensino; Aprendizagem; Língua Inglesa; Multiletramento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International License.

TABULEIRO DE LETRAS | Revista do Programa de Pós-Graduação em Estudo de Linguagens da Universidade do Estado da Bahia (PPGEL - UNEB) | ISSN 2176-5782