A IMPORTÂNCIA DOS LETRAMENTOS DIGITAIS NA EDUCAÇÃO

Andrea Beatriz Hack

Resumo


O presente artigo se propõe a apresentar o conceito de letramentos digitais na perspectiva do ensino de língua, considerando a profunda inserção tecnológica que marca a sociedade atual e as respectivas demandas que ela, então, lança sobre a escola enquanto agência responsável pelo letramento e formação cidadã e profissional dos estudantes. Considerando as habilidades inerentes aos letramentos digitais como indispensáveis aos processos de formação na atualidade, o texto busca analisar, sob a luz das mudanças nas competências de leitura e escrita em diferentes suportes e contextos marcados pela multimodalidade de linguagens característica da multimídia vigente, diferentes enfoques dos letramentos digitais em linguagem, a saber: o papel e importância do suporte impresso na atualidade; a polêmica do subcódigo designado com o neologismo “internetês” e suas implicações no ensino de língua; as prerrogativas e possibilidades do hipertexto como interface de interação e expansão do conhecimento e, por fim, a sedução e multiplicidade de linguagens presentes nos recursos multimídia, elemento integralmente circunscrito ao contexto da internet. Todos esses elementos são postos enquanto essenciais à formação oferecida atualmente pela escola, e por isso representam um grande desafio pedagógico para os educadores, não apenas da área de língua, e estrutural para as instituições, que precisam se adequar para atender a essas demandas.


Texto completo:

PDF

Referências


BONILLA, Maria Helena Silveira; SOUZA, Joseilda Sampaio de Souza. Articulações entre cursos de formação de professores, escolas e projetos de inclusão digital: possibilidades para a vivência plena da cultura digital. Linhas – Revista Programa de Pós Graduação em Educação. Florianópolis, v. 13, n. 02, jul/dez. 2012. Disponível em https://repositorio.ufba.br/ri/bitstream/ri/11704/1/Bonilla%20M%20H%20Parte%201.pdf. Acesso em 11/04/2019.

CHARTIER, R. A aventura do livro: do leitor ao navegador. São Paulo: EDUNESP, 1998.

______. Língua e leitura no mundo digital. In: ______. Os desafios da escrita. São Paulo: Edunesp, 2002.

DUDENEY, Gavin; HOCKLY, Nicky; PEGRUM, Mark. Letramentos Digitais. Trad. Marcos Marcionilo. 1. ed. São Paulo: Parábola Editorial, 2016.

HILGERT, José Gaston. A construção do texto “falado” por escrito: a conversação na internet. In: PRETI, Dino (Org.). Fala e escrita em questão. São Paulo: Humanitas: FFLCH/USP, 2000.

LÉVY, Pierre. Cibercultura. Trad. de Carlos Irineu da Costa. São Paulo: Editora 34, 1999.

ROJO, Roxane (Org.). Escol@ conectada: os multiletramentos e as TICs. 1. ed. São Paulo: Parábola, 2013.

SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento digital. Educação e Sociedade, Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: http://

www.cedes.unicamp.br. Acesso em: 12 fev. 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.