E-health auxiliando na prevenção e manutenção da saúde de pessoas que necessitam de cuidados diários com redes sociais: uma revisão sistemática

Romero M. F. Moura Junior, Lynn R G Alves, Josemar R Souza

Resumo


Este trabalho teve como objetivo realizar uma revisão sistemática sobre a aplicação de E-health para auxiliar pessoas que necessitam de cuidados diários de saúde utilizando redes sociais. No desenvolvimento metodológico, foram pesquisadas as bases de dados da CAPES, PMC, SCIELO, Springerlink e SCOPUS. Foram considerados os artigos inéditos em periódicos ou conferências que usassem a tecnologia na prevenção ou manutenção de patologias, ou situações correlatas associadas às redes sociais. Foram encontrados 685 estudos, sendo que 41 atenderam aos critérios de inclusão e foram, assim, categorizados: por ano com média anual de 7 artigos; por participação de instituições de pesquisa de 5 continentes; por predominância no estudo de doenças relacionadas a vícios e saúde mental; por maior uso de aplicativos Web e para dispositivos móveis; por diversidade de instrumentos de investigação, apesar do uso do questionário como o elemento mais comum; por fator de impacto dos periódicos demonstrando a relevância do tema; e por palavras-chave criando uma rede entre elas e identificando os termos Internet e E-health como os mais importantes. Conclui-se que o uso das redes sociais e tecnologias vêm auxiliando na prevenção e manutenção da saúde de pessoas que necessitam de cuidados diários. As tecnologias Web e os aplicativos e recursos para dispositivos móveis, além do suporte emocional, foram os principais elementos abordados nesta revisão.



Texto completo:

PDF

Referências


DEVICEATLAS, 2019. Most popular smartphones in Brazil. [online]. Disponível em: https://deviceatlas.com/blog /most-popular-smartphones#brazil [Acesso em: 18 Junho 2019].

MCCARTHY, N., 2019. O custo da Internet móvel em todo o mundo [online] Forbes. Disponível em: https://forbes.uol.com.br/colunas/2019/03/o-custo-da-internet-movel-em-todo-o-mundo/ [Acesso em: 18 Junho 2019].

MERILAMPI, S., SIRKKA A., TUPALA R., JAAKKOLA-HESSO S., 2017. Smart eHealth and eCare Technology - What Is That? In: Introduction to Smart eHealth and eCare Technologies. Florida, USA: CRC Press, 3-18.

MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2013. Cadernos de Atenção Primária – Rastreamento, n. 29, Volume II, 1ªedição, Brasília-DF: Editora MS.

OGAWA, M., 2018. Global Mobile Consumer Survey 2018 - A mobilidade no dia a dia do brasileiro. [online] Disponível em: https://www2.deloitte.com/br/pt/pages/ technology-media-and-telecommunications/articles /mobile-survey.html. [Acesso em: 18 Junho 2019].

RECUERO, R., 2014. Curtir, compartilhar, comentar: trabalho de face, conversação e redes sociais no Facebook. In: Verso e Reverso. Unisinos: maio-agosto XXVIII(68), 114-124.

WORLD HEALTH ORGANIZATION, 2018. Saving lives, spending less: A strategic response to noncommunicable diseases [online]. Disponível em: https://apps.who.int/ iris/bitstream/handle/10665/272534/WHO-NMH-NVI-18.8 -eng.pdf?ua=1 [Acesso em: 18 Abril 2019].


Apontamentos

  • Não há apontamentos.