O uso da Escola do Cérebro no Ensino Fundamental: contribuições ao aprimoramento das habilidades cognitivas

Daniela Karine Ramos

Resumo


Este trabalho analisa o uso de jogos cognitivos eletrônicos para o aprimoramento de habilidades cognitivas no contexto escolar, a partir das experiências de uso da Escola do Cérebro que têm sido desenvolvidas em duas escolas públicas no Ensino Fundamental – anos iniciais, procurando destacar as contribuições à aprendizagem e a importância da mediação. A Escola do Cérebro exercita, principalmente, a atenção, a capacidade de resolução de problemas e a memória de trabalho. O uso ocorreu em sala de aula por período que variou de 4 a 7 semanas diariamente por 15 minutos e no atendimento focal que ocorria no contraturno uma vez por semana durante 50 minutos, em grupos de 2 a 4 crianças. As coletas realizadas revelaram melhora na atenção concentrada e os professores perceberam mudanças como manutenção da atenção por mais tempo nas atividades escolares, aumento na rapidez na resolução dos problemas e melhora nas habilidades sociais.

Palavras-chave: jogos cognitivos; habilidades sociais; ensino fundamental.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.