INCLUSÃO E PERMANÊNCIA DOS COTISTAS NEGROS E INDÍGENAS NA UNEB – CAMPUS IX-BARREIRAS

Maria Regina Souza Prado, Claudelice Silva dos Santos, Darlane de Souza Oliveira

Resumo


O presente artigo é resultado de pesquisa sobre a Inclusão e permanência dos cotistas negros e indígenas no Departamento de Ciências Humanas - Campus IX– Barreiras - BA. Teve por objetivos verificar a efetividade das vagas reservadas pela Resolução Nº 468/2007 para discentes cotistas nos cursos de graduação do Departamento; comparar o quantitativo de ingresso e evasão dos cotistas; e identificar a quantidade de alunos cotistas que concluem o curso de graduação. Para isso, utilizou-se uma abordagem quali-quantitativa na análise dos registros acadêmicos no sistema SAGRES da instituição pesquisada, relatórios de pesquisa publicados pela Assessoria Pedagógica do Departamento, editais de vestibulares e de convocação dos candidatos para matrícula. A pesquisa identificou que a concorrência ingresso, evasão e conclusão dos alunos cotistas afrodescendentes e indígenas no Campus IX são menores que o da ampla concorrência. Nesse sentido, conclui-se pela necessidade de conhecer os motivos da pouca representação de cotista no Departamento, assim como, as causas da evasão para que se possa nortear novos estudos e ações acadêmicas que assegurem formação dos graduandos e permanência dos mesmos na universidade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Maria Regina Souza Prado, Claudelice Silva dos Santos, Darlane de Souza Oliveira



ISSN 2594-9578

Universidade do Estado da Bahia
Rua Silveira Martins, n.2555 - Cabula,
CEP: 41150000- Salvador Bahia.