Magistério em cena: histórias de vida, tramas socioculturais e cotidiano escolar no cinema

Paula Perin Vicentini, Rita de Cassia Gallego

Resumo


Este artigo analisa a narrativa cinematográfica de dois filmes que têm como protagonistas o professor Mark Thackeray, de Ao mestre, com carinho (Direção: James Clavell, Reino Unido da Grã-Bretanha do Norte e Irlanda do Norte, 1967), e a professora Erin Gruwell, de Escritores da Liberdade (Direção: Richard LaGravenese, Estados Unidos, 2007), ambos inspirados em “histórias reais”. Esses dois filmes vinculam-se à perspectiva denominada aqui de professor-herói, por terem como características mais acentuadas dos docentes retratados a abnegação e o caráter redentor de sua prática, desconsiderando-se, muitas vezes, as condições de trabalho. Além disso, são produções que contemplam o início da carreira desses professores, mas evocam cenários, tramas, histórias de vida e problemáticas diversas que permitem refletir acerca das especificidades das situações, épocas, regiões e sujeitos biografados considerando diferentes concepções acerca da docência e dos significados dos processos de formação para as histórias de cada um que se articulam na constituição da “memória coletiva”, segundo Halbwachs (2013). Há, portanto, uma interface das trajetórias dos professores retratadas nos filmes, cuja repercussão no imaginário social é inegável, com a história e a memória da categoria, bem como da sociedade como um todo que permite identificar e discutir as representações disseminadas pelo cinema a respeito da docência.


Palavras-chave


Histórias de vida

Texto completo:

PDF

Referências


AZANHA, José Mario Pires. Uma reflexão sobre a Didática. In: 3º Seminário A Didática em questão. Rio de Janeiro, Atas..., vol. I, 1985, p. 24-32.

BORGES, Fabrícia Teixeira. A professora que vemos nos filmes: a construção identitária e significados da docência. Caderno Cedes, Campinas, vol. 32, n. 88, p. 303-317, set.-dez. 2012. Disponível em: file:///C:/Users/Usuario/AppData/Local/Temp/a04v32n88.pdf Acessado em: 10 oct. 2019.

BOURDIEU, Pierre (Coord.). A miséria do mundo. 5ª ed., Petrópolis-RJ: Vozes, 2003.

COSTA, Eliane Picão da Silva & FIGUEIREDO, Yasmin Coelho. Reflexão do filme Escritores da Liberdade a partir de uma prática pedagógica. XII Congresso Nacional de Educação (EDUCERE), 2015, Curitiba. Anais... Curitiba, Educere, 2015. p. 1-13. Disponível em: https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/17177_7781.pdf Acessado em: 10 oct. 2019.

DIAS, Priscilla Lucena Vianna. História de vida, formação docente no Curso Normal e o cinema: imagens e narrativas. 2014, 115 p. Dissertação (Programa de Pós-graduação em Educação nas Ciências), Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul, Ijuí, 2014.

DUBET, François. Quando o sociólogo quer saber o que é ser professor. Revista Brasileira de Educação, nº 5-6, p. 222-231, maio-dez/1997. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/277059004_Acessado em: 10/10/2019.

GRUWELL, Erin. The Freedom Writers Diary: How a Teacher and 150 Teens Used Writing to Change Themselves and the World Around Them. New York: Broadway Books, 1999.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Tradução de Beatriz Sidou. 2ª ed. São Paulo: Centauro, 2006.

HUBERMAN, Michaël. O Ciclo de vida profissional dos professores. In: NÓVOA, António (org.) Vidas de Professores. Porto: Porto Editora, 1992. p. 31-61.

PINHEIRO, Veralúcia. Escritores da Liberdade: o cinema como expressão da violência simbólica. In: 36ª Reunião Nacional da ANPEd, Goiânia-GO, Anais... Goiânia, ANPEd, 2013. p. 1-19.

FERREIRA, Susana da Costa. A imagem do professor em filmes americanos (1955-1975). In: Congresso Brasileiro de História da Educação, Anais... s/d. p. 1-12. Disponível em: http://www.sbhe.org.br/novo/congressos/cbhe2/pdfs/Tema7/0710.pdf Acessado em: 10 oct. 2019.

FERREIRA, Susana da Costa. O professor como personagem e a escola como cenário: escola e sociedade em filmes norte-americanos (1955-1974). 2003. 200 p. Tese (Programa de Pós-graduação em História, Universidade Federal do Paraná, Curitiba: 2003.

JOSSO, Marie-Christine. Experiências de Vida e Formação. São Paulo: Cortez, 2004.

MORIN, Edgar. O cinema ou o homem imaginário - ensaio de Antropologia Sociológica. São Paulo: É realizações, 2014.

NOBLIT, George W. Poder e desvelo na sala de aula. Revista da FEUSP, São Paulo, v. 21, nº 2, p. 119-137, jul./dez. 1995. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/rfe/article/view/33570 Acessado em: 10 oct. 2019.

NÓVOA, António. Formação de Professores e Trabalho Pedagógico. Lisboa: EDUCA, 2002.

NÓVOA, António (Org.). Profissão professor. Porto: Porto Editora, 1992a.

NÓVOA, António (Org.). Vidas de Professores. Porto: Porto Editora, 1992b.

NUNES, Celia Maria Fernandes; TEIXEIRA, Inês Assunção de Castro; DINIZ, Margareth; ARAÚJO, Maria Jaqueline de Grammont Machado de; GUSMÃO, Milene de Cássia Silveira & OLIVEIRA, Valeska Fortes de (Org.). Telas da docência: Professores, professoras e cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2017.

SOUSA, Cynthia Pereira de; CATANI, Denice Barbara; LUGLI, Rosario Genta & SILVA, Vivian Batista da. A diversidade e o trabalho escolar. São Paulo: Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Paulo/Fundação de Apoio à Faculdade de Educação, 2005.

SOUZA, Fernando dos Anjos. Um ensaio sociológico a respeito do filme Escritores da Liberdade. Horizontes – Revista de Educação, Dourados, MS, n.1, v1, p. 121-133, jan-junho/2013. Disponível em: http://ojs.ufgd.edu.br/index.php/horizontes/article/view/1821 Acessado em: 10 oct. 2019.

TEIXEIRA, Inês Assunção de Castro & LOPES, José Miguel de Sousa (Org.). A escola vai ao cinema. 2a ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

______ A mulher vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

______ A família vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2012.

______ A diversidade cultural vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2016.

TEIXEIRA, Inês Assunção de Castro; LARROSA, Jorge & LOPES, José Miguel de Sousa (org.) A infância vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

TEIXEIRA, Inês Assunção de Castro; DAYRELL, Juarez & LOPES, José Miguel de Sousa (Org.). A juventude vai ao cinema. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

Sites consultados

https://www.culturagenial.com/filme-escritores-da-liberdade/

http://www.filosofia.com.br/vi_filme.php?id=24




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2020.v5.n13.p324-344

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis A4 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0