Maria Grasiela Teixeira Barroso: desenvolvimento profissional na enfermagem cearense

Mariza da Costa Pereira, Silvia Maria Nóbrega-Therrien, Andréa da Costa Silva

Resumo


Versa sobre a trajetória de vida pessoal e profissional de Maria Grasiela Teixeira Barroso, evidenciando sua implicação constante e dedicada à formação e ao ensino do profissional enfermeiro. Constitui recorte de uma pesquisa maior de uma das autoras, que teve por objetivo registrar a história de vida pessoal e profissional da Professora móvel do ensaio. Conforma uma investigação com abordagem qualitativa, cuja metodologia utilizada foi do tipo História Oral. A coleta de dados se deu mediante a técnica da história oral temática híbrida, que combina as fontes orais com uma documentação densa paralela, escrita ou iconográfica. Com base nas análises, constatou-se que Grasiela Barroso teve intensiva participação na história da Enfermagem no Ceará, visto que trabalhou incansavelmente pelo crescimento desse ofício-arte, preocupando-se com o ensino dos novos enfermeiros, dedicando-se a constituir saberes e modernizar as referidas práticas, com âncora em concepções e promoção da saúde. Conclui-se que se faz necessário registrar a história e a memória de profissionais que consolidaram as bases desse relevante mister, preservando e enaltecendo os feitos e ações dessas personalidades.

Palavras-chave


Biografia; História da Enfermagem; Práticas de Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


ALVES, Maria Dalva Santos et. alii. Grasiela Barroso: Meio Século de Dedicação à Enfermagem Brasileira. In: OGUISSO, Taka; FREITAS, Genival Fernandes de; GONZÁLEZ, José Siles. Enfermagem: História, Cultura dos cuidados e Métodos. Rio de Janeiro: Águia Dourada, 2016. pp. 87-100.

BARREIRA, Ieda de Alencar. Memória e história para uma nova visão da enfermagem no Brasil. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – USP, v. 7, n. 3, pp. 87-93, jul./1999. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v7n3/13480.pdf. Acessado em 11/09/2019.

BARROSO, Maria Grasiela Teixeira; COSTA, Lígia Barros; VARELA, Zulene Maria de Vasconcelos. Dez anos Curso de Enfermagem UFC 1976-1986. Fortaleza: Editora UFC, 1992.

BARROSO, Maria Grasiela Teixeira; SILVA, Raimunda Magalhães; VARELA, Zulene Maria de Vasconcelos. Vinte e cinco anos Curso de Enfermagem. Fortaleza: Editora UFC, 2006.

BORGES, Vavy Pacheco. Grandezas e misérias da biografia. In: PINSKY, Carla Bassanezi (Org.). Fontes Históricas. São Paulo: Contexto, 2014. pp. 203-233.

DEMO, Pedro. Pesquisa: princípio científico e educativo. São Paulo: Cortez, 2006.

ESCÁRIO, Silvana. Concepção humanista (Carl Rogers): como recurso de atuação na educação para o trânsito - aprendizagem contextualizada. Revista @rquivo Brasileiro de Educação, Belo Horizonte, v. 2, n. 3, pp. 83-95, jan./jun, 2014. Disponível: http://periodicos.pucminas.br/index.php/arquivobrasileiroeducacao/article/view/P.2318-7344.2014v2n3p83. Acessado em 11/09/2019

ESQUINSANI, Rosimar Serena Siqueira. Entre percursos, fontes e sujeitos: pesquisa em educação e uso da história oral. Educação e pesquisa, São Paulo, Universidade de São Paulo, v. 38, n. 1, pp. 217-228, 2012. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/ep/article/view/28335/30193. Acessado em 05/09/2019.

FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína (Org.). Usos e Abusos da história oral. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

FREIRE, Lidiane Dias. Grasiela – um marco nos 25 anos do curso de Enfermagem da FFOE – UFC. Revista RENE, Fortaleza, Universidade Federal do Ceará, v. 3, n. 1, pp. 97-103, jan./jun. 2002. Disponível em: http://periodicos.ufc.br/rene/article/view/5755/4107. Acessado em 24/09/2019.

FREITAS, Marcos Cezar de; BICCAS, Maurilane de Souza. História social da educação no Brasil (1926-1996). São Paulo: Cortez, 2009.

MEIHY, José Carlos Sebe Bom; HOLANDA, Fabíola. História Oral: como fazer, como pensar. São Paulo: Contexto, 2013.

MENDES, Emanoela Therezinha Bessa. A Formação da Enfermeira Cearense e a Escola São Vicente de Paulo (1943-1977). [Mestrado em Educação- Dissertação] Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2013.

MIRANDA, Karla Corrêa Lima, BARROSO, Maria Grasiela Teixeira. A contribuição de Paulo Freire à prática e educação crítica em Enfermagem. Revista Latino-Americana de Enfermagem, Ribeirão Preto, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto – USP, v. 12, n. 4, pp. 631-635, jul./ago. 2004. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rlae/v12n4/v12n4a08.pdf. Acessado em: 24 set. 2019.

MOITA, Maria da Conceição. Percursos de formação e de trans-formação. In: NÓVOA, Antônio. Vida de Professores. Porto: Porto Editora, 2000. p. 111-140.

OLIVEIRA, Marinalva de Jesus et. alii. História Oral e o Método Biográfico: Congruências, Diferenças e Potencialidades de Utilização no Campo da Administração. In: Encontro em Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade - ENEPQ, IV, 2013, Brasília. Anais. Brasília, 2013.

PADILHA, Maria Itayra; NELSON, Sioban; BORENSTEIN, Miriam Sussekind. As biografias como um dos caminhos na construção da identidade do profissional da enfermagem. História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Rio de Janeiro, v. 18, supl.1, pp. 241-252, dez. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702011000500013 Acessado em: 24 set. 2019.

SANNA, Maria Cristina. Os processos de trabalho em Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v. 60, n. 2, pp. 221-224, abr./2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v60n2/a17v60n2.pdf Acessado em: 24 set. 2019.

______. Biografia. In: OGUISSO, Taka; CAMPOS, Paulo Fernando de Souza; FREITAS, Genival Fernandes de. Pesquisa em História da Enfermagem. Barueri: Manole, 2011. pp. 301-338.

SECAF, Victoria; COSTA, Hebe C. Boa-Viagem A. Enfermeiras do Brasil: história das pioneiras. São Paulo: Martinari, 2007.

SOUSA, Leilane Barbosa de Sousa, BARROSO, Maria Grasiela Teixeira. Reflexão sobre o cuidado como essência da liderança em Enfermagem. Escola Anna Nery Revista de Enfermagem, Rio de Janeiro, Universidade Federal do Rio de Janeiro, v. 13, n. 1, pp. 181-187 jan./mar. 2009. Disponível em: http://eean.edu.br/detalhe_artigo.asp?id=414 Acessado em: 24 set. 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2020.v5.n13.p229-242

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis A4 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0