Narrativas de viagem nos escritos de um educador viajante - Anísio Teixeira: memórias, formação, modelos de educação e saberes

Silmara Fatima Cardoso

Resumo


O presente artigo tem por pretensão analisar as narrativas e representações de um modelo educacional considerado como ideal na escrita de viagem de Anísio Teixeira, e procurar compreender como Anísio se apropriou desse modelo colocando-o em prática no seu percurso pela educação pública. Para tanto, utilizo como fonte de estudo dois diários e um relatório que foram produtos de suas viagens à Europa em 1925 e aos Estados Unidos em 1927, que tinham como propósitos conhecer e estudar modelos pedagógicos e práticas educativas consideradas inovadoras. Este trabalho pretende contribuir na reflexão de apropriações e possíveis leituras de um modelo de ensino estrangeiro na formação e atuação de Anísio Teixeira, e ainda, dar visibilidade às ações concretas e modos de compreendê-las próprio de Anísio desse modelo educativo considerado referencial. A escolha da temática do presente trabalho se justifica na medida em que os estudos historiográficos têm voltado o seu interesse nas pesquisas sobre viagens e os escritos produzidos pelos viajantes, os quais contemplam discursos, representações e imagens da sociedade, da cultura, da educação, de ideias etc.

Palavras-chave


Anísio Teixeira, narrativas de viagem, memórias, formação, modelos de educação e saberes

Texto completo:

PDF

Referências


FONTES

TEIXEIRA, Anísio. Anotações de viagem à Europa. Lisboa, 1925, 54 p. Atpi: 25.07.17 (filme 03). FGV/CPDOC.

TEIXEIRA, Anísio. Anotações de viagem aos Estados Unidos. Navio Pan American, 1927, 50 p. Atpi: 25.07.17 (filme 03). FGV/CPDOC.

TEIXEIRA, Anísio. Aspectos americanos de educação. Salvador: Tip. São Francisco, 1928.

REFERÊNCIAS

BUENDÍA, Miguel. Modelos de escola na história de Moçambique. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 151-155.

CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A bordo do navio, lendo notícias do Brasil: o relato de viagem de Adolphe Ferrière. In: MIGNOT, Ana ChrystinaVenâncio e GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 277-293.

__________. Anísio Teixeira: itinerários. In: CARVALHO, Marta Maria Chagas de. A escola e a república e outros ensaios. Bragança Paulista: EDUSF, 2003. p. 165-193.

CHAUÍ, Marilena. Cultura e democracia: o discurso competente e outras falas. São Paulo: Moderna, 1982.

HERMES LIMA. Anísio Teixeira: estadista da educação. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1978.

HOUSSAYE, Jean. Pedagogias: importação-exportação. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio e GONDRA, José Gonçalves (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 294-314.

JULIA, Dominique. A cultura escolar como objeto histórico. Revista Brasileira de História da Educação. Maringá, Universidade Estadual de Maringá. v. 1, n. 1 [1], p. 9-43, fev. 2012. Disponível em: http://periodicos.uem.br/ojs/index.php/rbhe/article/view/38749 Acessado em: 04 oct. 2019.

LAWN, Martin. Os professores e a fabricação de identidades. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 69-84.

MIGNOT, Ana Chrystina Venancio e GONDRA. Viagens pedagógicas (Orgs). São Paulo: Cortez, 2007.

____________. Viagens de educadores e circulação de modelos pedagógicos. In: MIGNOT, Ana Chrystina Venâncio e GONDRA, José (Orgs). Viagens Pedagógicas. São Paulo: Cortez, 2007. p. 39-64.

____________. A descoberta da América. In: NUNES, Clarice (org.) Aspectos americanos de educação & Anotações de viagem aos Estados Unidos em 1927. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2006. p. 9-24.

NAGLE, Jorge. Educação e sociedade na Primeira República. São Paulo: EPU; Rio de Janeiro: Fundação Nacional de Material Escolar, 1976.

NÓVOA, António. Tempos da escola no espaço Portugal-Brasil-Moçambique: dez digressões sobre um programa de investigação. In: NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000. p. 121-142.

NÓVOA, António e SCHRIEWER, Jürgen (Eds.). A difusão mundial da escola. Lisboa: Educa, 2000.

NUNES, Clarice. Anísio Teixeira: a poesia da ação. Bragança Paulista: EDUSF, 2000.

___________. Cultura escolar, modernidade pedagógica e política educacional no espaço urbano carioca. In: HERSCHMANN, Micael; KROPF, Simone e NUNES, Clarice. Missionários do progresso: médicos, engenheiros e educadores no RJ – 1870/1973. Rio de Janeiro: Diadorim, 1996. p. 155-224.

SCHRIEWER, Jürgen. Formas de Externalização no Conhecimento Educacional. Lisboa: EDUCA, 2001.

SILVA, Vivian Batista. Saberes em viagem nos manuais pedagógicos: construções da escola em Portugal e no Brasil (1870-1970). 2005, 400 f. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

TEIXEIRA, Anísio. Educação não é privilégio. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 1994.

VENANCIO FILHO, Francisco. Contribuição norte-americana à educação no Brasil. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos. Rio de Janeiro, V. IX, n° 25, p. 229-266, nov./dez., 1946.

VIÑAO, Antonio. Las autobiografias, memorias y diários como fuente histórico-educativa: tipologia y usos. Revista Teias, UERJ, Rio de Janeiro, volume 1, p. 82- 95, 2000. Disponível em: https://www.e-publicacoes.uerj.br/index.php/revistateias/article/view/23827 Acessado em: 04 oct. 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2020.v5.n13.p165-177

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis A4 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0