Aproximações entre pesquisa (auto)biográfica e história da educação

Wolney Honório Filho, Rita Tatiana Cardoso Erbs

Resumo


O objetivo deste texto é mostrar as aproximações entre pesquisa (auto)biográfica e história da educação. Este texto é resultado de uma pesquisa bibliográfica, bem como de reflexões dos autores, no Programa de Pós-Graduação em Educação, da Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão (PPGEDUC/UFG/RC), na linha de pesquisa Políticas Educacionais, História da Educação e Pesquisa (Auto)biográfica. Como resultado, constatamos que há tanto aproximações quanto distanciamento entre as práticas de pesquisa (auto)biográfica e história da educação. Distanciam-se quando em pesquisa (auto)biográfica a produção de corpus da pesquisa visa também à formação do sujeito narrador. Aproximam-se de formas múltiplas, especialmente ao trabalharem com memórias possíveis em contextos históricos.


Palavras-chave


Pesquisa (auto)biográfica. História da Educação. Formação.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Educação e Trabalho: pesquisando com histórias de vida – 1988 a 1997. Revista Educação. Porto Alegre/RS, ano XXX, n. especial, p. 155-162, out. 2007. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/3555. Acesso em: 29 mar. de 2020

ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Memória, narrativas e pesquisa autobiográfica. Revista História da Educação. Porto Alegre/RS. v. 07, n. 14, 2003. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/30223. Acesso em: 11 mai. 2018.

ALBERTI, Verena. O que documenta a fonte oral? Possibilidades para além da construção do passado. Rio de Janeiro: CPDOC, 1996. 8f. Disponível em http://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/6767?show=full. Acesso em: 04 mai. 2018.

ALBERTI, Verena; PEREIRA, Amilcar Araujo. Possibilidades das fontes orais: um exemplo de pesquisa. Anos 90 (UFRGS), v. 15, p. 73-98, 2008.

ALMEIDA, Paulo Roberto de e KOURY, Yara Aun. História oral e memórias: entrevista com Alessandro Portelli. Revista História e Perspectivas. Uberlândia (50), p. 197-226, jan./jun. 2014. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/historiaperspectivas/article/view/27504. Acesso em: 29 mar. 2020.

ALVES, Flávia Velloso. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão (UFG/RC) nas narrativas de servidores técnicos administrativos de 1987 a 2015. 2017. 221f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2017.

BARBOSA, Ivone Cordeiro. A experiência humana e o ato de narrar: Ricoeur e o lugar da interpretação. Revista Brasileira de História, São Paulo, v.17, n. 33, p. 293-305, 1997. Disponível em: www.anpuh.org. Acesso em: 29 mai. 2020.

BOLÍVAR, Antonio. “¿De nobis ipsis silemus?”: Epistemología de la investigación biográfico-narrativa en educación. Revista Electrónica de Investigación Educativa, Ciudad de México. v. 4, n. 1, 2002a. Instituto de Investigación y Desarrollo Educativo de la Universidad Autónoma de Baja California. p. 1-26. Disponível em: http://redie.uabc.uabc.mx/vol4no1/contenido-bolivar.html. Acesso em: 09 mai. 2014.

BOLÍVAR, A. Dimensões epistemológicas y metodológicas de la investigación (auto)biográficas. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; PASSEGGI, Maria Conceição (org.) Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto)biográfica: Tomo I. Natal: EDUFRN; Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2012a. p. 27-70.

BOLÍVAR, Antonio. Metodología de la investigación biográfico-narrativa: recogida y análises de dados. In: PASSEGGI, Maria Conceição. e ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto. Dimensões epistemológicas e metodológicas da pesquisa (auto)biográfica. Tomo II. Natal: EDUFRN; Porto Alegre: EDIPUCRS; Salvador: EDUNEB, 2012b. p. 79-110

CRUZ, Thimoteo Pereira. Formação do psicólogo(a) em Catalão/GO na perspectiva do egresso – 2007-2014. 2015. 204 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2015.

CUNHA, Jorge Luiz da, MACHADO, Alexsandro dos Santos Sujeitos que lembram: história oral e histórias de vida. Revista História da Educação, ASPHE/FAE/UFPel, Pelotas. v. 07, N.14, p. 63-77, 2003. Disponível em: http://seer.ufrgs.br/index.php/asphe/article/view/30222. Acesso em: 04 mai. 2018.

SILVA, Haike Roselane Kleber da. Considerações e confusões em torno de história oral, história de vida e biografia. MÉTIS: história & cultura. Universidade de Caxias do Sul/Centro de Ciências Humanas/Área de História. V. 1, N. 1, p. 25-38, jan./jun. 2002. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/metis/article/view/1037. Acesso em: 29 mar. 2020.

DOSSE, François. História do tempo presente e historiografia. Tempo e Argumento. Revista do Programa de Pós-Graduação em História. Florianópolis. v. 04, n. 01, p. 5-22, jan/jun, Florianópolis, 2012. Disponível em http://www.revistas.udesc.br/index.php/tempo/article/view/2175180304012012005. Acesso em: 08 mai. 2018.

JACOB, Reni Maria. Narrativas sobre o primeiro Grupo Escolar do Município de Ouvidor-GO: 1949-1971. 2016. 296 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2016.

DELGADO, Lucília de Almeida Neves. História oral e narrativa: tempo, memória e identidades. Revista de História Oral (6), 2003, p. 9-25. Disponível em: http://revista.historiaoral.org.br/index.php?journal=rho&page=article&op=view&path%5B%5D=62&path%5B%5D=54. Acesso em: 17 abr. 2018.

DELORY-MOMBERGER, Christine. Fundamentos epistemológicos da pesquisa: biográfica em educação. Educ. rev., Belo Horizonte. v. 27, n. 1, p. 333-346, abr. 2011. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982011000100015&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 16 nov. 2017.

DELORY-MOMBERGER, CHRISTINE, Abordagens metodológicas na pesquisa biográfica. Revista Brasileira de Educação [en linea] 2012, n. 17 (Septiembre-Diciembre). Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=27524689002. Acesso em: 16 nov. 2017.

FELIPE, Adilson dos Reis. Narrativas de formação de famílias ciganas em Pires do Rio - GO (1964 – 1983). 2018. 162 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2018.

FERRAROTTI, Franco. Sobre a autonomia do método biográfico. In: NÓVOA, António; FINGER, Matthias. (org.) O método (auto)biográfico e a formação. Natal, RN: EDUFRN; São Paulo: Paulus, 2010. p. 31-57.

GUARDIEIRO COSTA, Mara Rúbia. Docência e história de vida no Curso Técnico em Magistério de Catalão – GO. 2015. 79 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação, 2015.

GUARINELLO, Norberto. Breve arqueologia da história oral. Revista de História Oral, v.1, p. 61-65, 1998, Disponível em: http://revista.historiaoral.org.br/index.php?journal=rho&page=article&op=view&path%5B%5D=92&path%5B%5D=96 Acesso em: 29 mar. 2020.

GRELE, Ronaldo J. La fluidez entre el pasado y el presente. Historia, antropología y fuentes orales, Nº 36, p. 73-76, 2006. Disponível em https://dialnet.unirioja.es/ejemplar/150270. Acesso em: 05 abr. 2018.

GROSSI, Yonne; FERREIRA, Amauri. Razão narrativa: significado e memória. História Oral (4). São Paulo: ABHO, p. 25-38, 2001. Disponível em: http://revista.historiaoral.org.br/index.php?journal=rho&page=article&op=view&path%5B%5D=33. Acesso em: 18 abr. 2018.

HONORIO FILHO, Wolney. A memória desenhada: identidades de um intelectual no interior de goiás-brasil. Revista Actualidades Pedagógicas, n. 54, p. 29-41. Ediciones Universidad De La Salle, Bogotà, Facultad de Educación, jul/dez 2009a. Disponível em: https://ciencia.lasalle.edu.co/ap/vol1/iss54/2/. Acesso em: 19 abr. 2018.

HONÓRIO FILHO, W. Dimensões da Pesquisa (auto)biográfica no V CIPA. In: ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; BRAGANÇA, Inês Ferreira de Souza; ARAÚJO, Mairce da Silva (org.) Pesquisa (auto)biográfica, fontes e questões. CURITIBA: CRV, 2014, v.1, p. 145-164.

HONÓRIO FILHO, W. Epistemologia e pesquisa (auto)biográfica. In: SOUZA, Inês Ferreira de; ABRAHÃO, Maria Helena Menna Barreto; FERREIRA, Márcia Santos. (org.). Perspectivas epistêmico-metodológicas da pesquisa (auto)biográfica. Curitiba: CRV, 2016, v. 1, p. 81-96.

HONÓRIO FILHO, Wolney. Investigação biográfico-narrativa e históira das instituições escolares. In: 6 Congresso Ibero-Americano em investigación cualitativa. Anais... Salamanca, ESPANHA: Universidade de Salamanca, 2017. v. 1. p. 56-61. Disponível em: http://proceedings.ciaiq.org/index.php/ciaiq2017/article/view/1318. Acesso em: 09 mai. 2018.

HONÓRIO FILHO, W. Memória e formação docente: o uso de (auto)biografias na formação do professor. In: ABRAHÃO, M.H.M.B. (org.). (Auto)biografia e Formação Humana. Natal/Porto Alegre: EDUFRN/EDIPUCRS, 2010. p. 233-256.

HONÓRIO FILHO, Wolney. Memória, experiência e educação: programa de treinamento de professores em curto prazo no interior de Goiás (1965-1983). In: GONÇALVES, Ana Maria (org.). Experiência e Educação. Goiânia: FUNAPE/DEPECAC, 2010. p. 135-156.

HONÓRIO FILHO, Wolney. O ordinário e o extraordinário na formação de professores no interior de Goiás. Revista de História. Vitória - ES. V. 15, N.1, p. 135-150, 2003. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/dimensoes/article/view/2407. Acesso em: 19 abr. 2018.

HONÓRIO FILHO, Wolney. ALENCAR, Alessandra Cardoso. O Professor e a Cultura Didática do Centro de Formação de Professores Primários de Catalão Catalão - 1965-1983. Cadernos da FUCAMP v. 7, n. 1, p. 1-15 2008. Disponível em: http://www.fucamp.edu.br/editora/index.php/cadernos/article/viewFile/33/138. Acesso em: 22 fev. 2018.

HONÓRIO FILHO, Wolney; CAMPOS, Camila Aparecida de. O Centro de Formação de Professores de Catalão e suas relações com o Regime Militar: Catalão-GO, 1965-1983. Cadernos de História da Educação (UFU), v. 6, p. 221-235, 2007. Disponível em: http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/284/280. Acesso em: 20 abr. 2018.

HONÓRIO FILHO, W.; ERBS, Rita Tatiana Cardoso. Temporalidade biográfica nas histórias de vida. VIII CIPA, São Paulo, 2018 (mimeo).

HONÓRIO FILHO, Wolney. Velhas histórias coladas à pele: a importância das histórias de vida na formação do professor. Revista Educação. Porto Alegre RS. V. 34, p. 189-197, 2011. Disponível em: http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/download/8704/6356 Acesso em: 29 mar. 2020.

LIMA, Daniel Fernando. Formação e profissionalização de pedagogas do interior de Goiás a partir de suas biografias educativas. 2014. 146 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2014.

PAISLANDIM, Ivanilian Ferreira. O Instituto Federal de Goiás (IFG) de 1999 a 2014: narrativas dos servidores técnicos administrativos. 2017. 182 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2017.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Narrar é humano! Autobiografar é um processo civilizatório. In: PASSEGGI, M.C; SILVA, Vivian Batista da. (org.). Invenções de vida, compreensão de itinerários e alternativas de formação. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2010, p. 103-130.

PEREIRA, Lígia Maria Leite. Algumas reflexões sobre histórias de vida, biografias e autobiografias. In: Revista de História Oral. V.3, p. 117-127, 2000. Disponível em: http://revista.historiaoral.org.br/index.php?journal=rho&page=article&op=view&path%5B%5D=26&path%5B%5D=20. Acessado em 24 abr. 2018.

PORTELLI, Alessandro. A Filosofia e os Fatos. Revista Tempo. Rio de Janeiro: Relume-Dumará, v.1, n. 2, p. 59-72, 1996.

QUEIROZ, Maria Izaura Pereira de. I. Relatos orais: do 'indizível' ao 'dizível'. In: Queiroz, Maria Isaura Pereira de (org.). Variações sobre a técnica do gravador no registro da informação viva. São Paulo: T. A. Queiroz, 1991, p. 1-26.

RAMOS, Michael Daian Pacheco; OLIVEIRA, Rita de Cássia Magalhaes de; SANTOS, Maria Rita. Estado da arte da pesquisa (auto)biográfica: uma análise do portal de periódicos CAPES. Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica, Salvador, v. 02, n. 05, p. 449-469, maio/ago. 2017. Disponível em: http://www.revistas.uneb.br/index.php/rbpab/article/view/3054/2510. Acesso em: 08 mai. 2018.

RIBEIRO, Manuela. As histórias de vida enquanto procedimento de pesquisa sociológica: reflexões a partir de um processo de pesquisa de terreno. Revista Crítica de Ciências Sociais, N. 44, p. 125-141, 1995. Disponível em: https://repositorio-tematico.up.pt/handle/10405/56447?mode=full. Acesso em: 05 abr. 2018.

SABINO DA SILVA, Rubislei. A formação docente em Goiás na perspectiva do egresso do Curso de Licenciatura Plena Parcelada em Pedagogia (2000-2007). 2015. 101 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2015.

SANTAMARINA, C.; MARINAS, L. M. Historias de vida y historia oral. In: DELGADO, L. M. e GUTIÉRRES, 1. Métodos y técnicas cualitativas de investigación en ciencias sociales. Madrid: Síntesis, 1994. p. 259-287.

SILVA, Aline Pacheco; BARROS, Carolyne Reis; MAGALHÃES Maria Luisa; BARROS, Vanessa Andrade. “Conte-me sua história”: reflexões sobre o método de História de Vida. Revista Mosaico: Estudos em Psicologia. Belo Horizonte/MG. v. 01, n. 01, p. 25-35, 2007. Disponível em: https://seer.ufmg.br/index.php/mosaico/article/view/4344/3154. Acesso em: 05 mai. 2018.

SILVA, Michele Ferreira da. Trajetórias formativas de professores e alunos do curso de História: Catalão de 1991 a 2004. 2015. 83 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2015.

VAZ, Renata Cristine Santos. Narrativas de “Alunas-Professoras” sobre o Grupo de Aplicação do C.F.P.P de Catalão/GO (1964 – 1983). 2018. 160 f. Dissertação (Mestrado em Educação). Programa de Pós-Graduação em Educação. Universidade Federal de Goiás – Regional Catalão, Unidade Acadêmica Especial – Educação. Catalão, 2018.

VERAS, Eliane. Historia de Vida: ¿Un método para las ciencias sociales? Cinta moebio, Santiago, n. 39, p. 142-152, dic. 2010. Disponível em https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0717-554X2010000300002&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 06 abr. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2020.v5.n13.p124-143

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis A4 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0