A educação na fronteira entre Brasil e Paraguai: narrativas (auto) biográficas de um fronteiriço

Rodrigo Rocha da Silva, Orlando Moreira Junior

Resumo


A educação na fronteira tem sido objeto de debate e pesquisas, nas últimas décadas, principalmente a partir do início do século XX. Nesse contexto, esta pesquisa tem como objeto de estudo a educação escolar na fronteira Brasil-Paraguai, especificamente na Escola Estadual Guimarães Rosa, situada no município de Sete Quedas, MS, com o objetivo de compreender as dificuldades enfrentadas pelos “brasiguaios”, em seus processos de escolarização e decorrentes da pluralidade cultural daquele espaço. Metodologicamente, pretende-se levantar e analisar as concepções teóricas e metodológicas da educação na fronteira, bem como descrever as singularidades e generalidades encontradas nas histórias de vida de fronteiriços, por meio da trajetória escolar narrada (auto)biograficamente pelo pesquisador e por cinco sujeitos. Para tanto, foram realizados questionários de levantamento do perfil dos sujeitos, entrevistas, produção de memorial de formação do pesquisador e análise documental e bibliográfica, tendo como fontes textos que tratam da temática e dados estatísticos oficiais. Como resultado, foi possível identificar a complexidade de fatores que influenciam a educação escolar na fronteira e os desafios existentes nessa realidade escolar.


Palavras-chave


(Auto)Biografia; Memória; Histórias de Vida

Texto completo:

PDF

Referências


ANASTÁCIO, Luci Meire Corrêa. Fronteira e educação pública: o Programa Escolas Interculturais de Fronteira (PEIF) em Ponta Porã (BR) e Pedro Juan Cavallero (PY). 2018. 163f. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2018.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Centro Gráfico, 1988.

BRASIL. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo Escolar. Educação. 2017. Disponível em: . Acesso em: 15 set. 2018.

FEDATTO, Nilce A. S. F. Educação em Mato Grosso do Sul: limitações da escola brasileira numa divisa sem limites na fronteira Brasil-Paraguai. In: OLIVEIRA, Tito M. de. (Org.). Território sem limites: estudos sobre fronteiras. Campo Grande: Ed. da UFMS, 2005. p. 491-510.

FLORES, Olga Viviana. Breve histórico do projeto “Escola Intercultural Bilingue de Fronteira”. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PROFESSORES DE LÍNGUAS OFICIAIS DO MERCOSUL, 1., 2010, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: UNIOESTE, 2010. p. 1-9.

FREITAS, Maria Tereza Menezes; FIORENTINI, Dario. As possibilidades formativas e investigativas da narrativa em educação matemática. Horizontes, Itatiba, v. 25, n. 1, p. 63-71, jan./jun. 2007.

LUCE, Maria Beatriz. Línguas e linguagens na fronteira: a universidade. In: BOESSIO, Ana Lúcia Montano; RIZZON, Carlos Garcia. (Orgs.). Fronteiras conceitos e práticas em contato. São Paulo: Todas as Musas, 2014. p. 2-15.

MAX, Cláudio Zarate; OLIVEIRA, Tito Carlos Machado. As relações de troca em região de fronteira: uma proposta metodológica sob a ótica convencionalista. Geosul, [s.l.], v. 24, n. 47, p. 7-27, 2009.

MELO, Sílvia Mara de.; STIVANELLO, Adriana; SILVA, Sandra Maria Portilho da.; SILVA, Luzia Bernardes da. Relações conflituosas no ensino em região de fronteira. INTERLETRAS, [s.l.], v. 5, n. 23, p. 1-12, mar./set. 2016 Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

NUNES, Flaviana Gasparotti. Projetos de formação escolar para escolas em áreas de fronteira. Revista da ANPEGE, Dourados, MS, v. 7, n. 1, número especial, p. 205-216, out. 2011. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

PEREIRA, Jacira Helena do Valle. Educação na fronteira: o caso Ponta Porã (MS) e Pedro Juan Caballero (PY). Papéis, Campo Grande, v. 18, n. 36, p. 93-106, 2014. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

PRADO, Guilherme do Val Toledo; SOLIGO, Rosaura; SIMAS, Vanessa França. Pesquisa narrativa em três dimensões. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE PESQUISA (AUTO)BIOGRÁFICA, 6., 2014, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: UERJ, 2014.

SANTOS, Maria Elena Pires; CAVALCANTI, Marilda do Couto. Identidades híbridas, língua(gens) provisórias – Alunos “brasiguaios” em foco. Trabalhos em Linguística Aplicada, Campinas, SP, v. 47, n. 2, p. 429-446, jul./dez. 2008. Disponível em: . Acesso em: 10 set. 2018.

SCHERMA, Márcio Augusto. As políticas brasileiras para a faixa de fronteira: um olhar a partir das relações internacionais. 2015. 272 f. Tese (Doutorado em Relações Internacionais) – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2015.

SILVA, Rodrigo Rocha. A educação na fronteira entre Brasil e o Paraguai: narrativas auto(biográficas) de um fronteiriço. 2017. 50 f. Monografia (Graduação em Geografia) – Faculdade de Geografia, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Campo Grande, 2017.

SILVA, Zanete Ruiz. Práticas pedagógicas interculturais na tríplice fronteira Brasil, Colômbia e Peru: um estudo na Escola Estadual Marechal Rondon. 2011. 198 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2011.

SOUZA, Elizeu Clementino de. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva-interpretativa e política de sentido. Educação, Santa Maria, v. 39, n. 1, p. 39-50, jan./abr. 2014.

SPRANDEL, Marcia Anita. Brasileiros na fronteira com o Paraguai. Estudos Avançados, São Paulo, v. 20, n. 57, p. 137-156, ago. 2006.

TORCHI, Gicelma da Fonseca Chacarosqui; SILVA, Crisliane Patrícia. A expansão do Programa Escolas Interculturais de Fronteira no Estado de Mato Grosso do Sul. Revista GeoPantanal, Corumbá, MS, n. 17, p. 33-46, jul./dez., 2014.




DOI: http://dx.doi.org/10.31892/rbpab2525-426X.2019.v4.n12.p1110-1124

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexadores: 

 

 

Portal SEER

Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica - RBPAB - Qualis A4 Educação

 A Revista Brasileira de Pesquisa (Auto)Biográfica é publicada sob a licença Creative Commons de  Atribuição-NãoComercial CC BY-NC

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0