ECO-EPIDEMIOLOGIA DE ACIDENTES CAUSADOS POR LEPIDÓPTEROS EM HUMANOS NO ESTADO DA BAHIA

Isabela Franca Sousa, Artur Gomes Dias Lima

Resumo


Acidentes com lepidópteros peçonhentos sempre foram um potencial risco para habitantes de regiões rurais e estes vêm se tornando uma realidade para cidades, devido ao aumento de sua população em decorrência às mudanças em seu habitat natural. Considerando os agravos sintomáticos relacionadosacertasespécies, onde complicações ocasionalmente podem evoluiraoóbito,esteartigotemcomoobjetivotraçarumperfil epidemiológico no estado da Bahia, a fim de descrever as principais espécies de sua região e suas respectivas lesões pelocontato. Nele foram identificadas 703 notificações, correspondendo a 42,2% dos municípios baianos, que demonstram maiores ocorrências em homens, principalmente durante a faixa etária laboral. Foipossívelaveriguarnestetrabalhoastendênciassazonaisparaosacidentes e,apartirda análisedessesdadosobtidos,eolevantamentodehipótesesparaascondiçõesondeosmesmosocorrem, espera-se assim contribuir para a discussão do assunto que, em geral, é negligenciado esubnotificado.

Palavras-chave


Lepidopterismo; Erucismo; Lepidoptera.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Saúde. Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Bahia. Disponível em: www2.datasus.gov.br/DATASUS/index.php. Acesso em 05 maio 2016.

BRASIL. Ministério da saúde. Manual de diagnóstico e tratamento de acidentes por animais peçonhentos. 2ª edição. Brasília: Fundação Nacional de Saúde, 2001.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Bahia. Disponível em: http://cidades.ibge.gov. Acesso em: 05 maio 2017.

CAOVILLA, J. J.; GUARDAO, E. J. B. Avaliação da eficácia do soro antilonômico na reversão da síndrome hemorrágica causada por contato com lagartas da Lonomia obliqua (Lepidoptera, Saturniidae). Universidade de Passo Fundo, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007.

CARDOSO, A. E.; HADDAD JÚNIOR, V. Acidentes por lepidópteros (larvas e adultos de mariposas): estudo dos aspectos epidemiológicos, clínicos e terapêuticos. Anais Brassileiros de Dermatologia, 571-578, 2005.

COSTA, R. M. P. In: CARDOSO J. L. C.; FRANÇA, F. O. S.; WEN, F. H.; MÁLAQUE, C. M. S.; HADDAD JÚNIOR, V. Animais peçonhentos no Brasil: Biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. 2ª edição, Sarvier, 2009. p. 249- 252.

CPTEC/INPE. Estações do ano. Ministério da Ciência e Tecnologia.1995 - 2017. Disponível em: www.clima1.cptec.inpe.br/ estacoes/. Acesso em: 15 maio 2017.

DIAS, L. B.; AZEVEDO, M. C. Pararama, doença causada por larvas de lepidóptero: Aspectos experimentais. Instituto Evandro Chagas, Fundação Instituto Oswaldo Cruz, Belém, Pará. Boletin de la oficina sanitária pan-americana, Vol VII, n° 3. Publicado em setembro, 1973.

DINEHART, S. M.; JORIZZO, J. L.; SOTER, N. A.; NOPPAKUN, N.; VOSS, W. R.; HOKANSON, J. A.; SMITH, E. B. Evidence for Histamine in Urticating Hairs of Hylesia Moths. The Journal of Investigative Dermatology, 88(6), 691-693, 1987.

ESPINDULA, A. P.; FERRAZ, M. L. F.; FERREIRA, A. A.; FALEIROS, A. C. G.; OLIVEIRA, F. A.; TEIXEIRA, V. P. A. Acidente humano por Lepidópteros. Revista de Patologia Tropical, 38, 2009.

GARCIA, C. M.; DANNI-OLIVEIRA, I. M. Ocorrência de acidentes provocados por Lonomia obliqua Walker, no estado do Paraná, no período de 1989 a 2001. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 40(2), 242-246, 2007.

HADDAD, V. J. R.; CARDOSO, J. L. C. Erucismo e Lepidopterismo. In: CARDOSO J. L. C.; FRANÇA, F. O. S.; WEN, F. H.; MÁLAQUE, C. M. S.; HADDAD JÚNIOR, V. Animais peçonhentos no Brasil: Biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. 2ª edição, Sarvier, 2009. p. 236-239.

MARQUES, O. M. CARVALHO, A. J. A.; SANTANA, M. J. S.; GIL-SANTANA, H. R. Registro de Dirphia avia (stoll) e Dirphia moderata Bouvier (Lepidoptera: Saturniidae) no estado da Bahia, Brasil. Magistra, 21, 135-138, 2009.

MARQUES, J. R. Seringueira. Disponível em: www.ceplac.gov.br/ radar/seringueira.htm. Acesso em: 18 maio 2017.

MESCHIAL, W. C.; MARTINS, B. F.; REIS, L. M.; BALLANI, T. S. L.; BARBOZA, C. L.; OLIVEIRA, M. L. F. Internações hospitalares de vítimas de acidentes por animais peçonhentos. Revista da Rede de Enfermagem do Nordeste, 14(2), 311-9, 2013.

MORAES, R. H. P. Lepidópteros de importância médica. In: CARDOSO J. L. C.; FRANÇA, F. O. S.; WEN, F. H.; MÁLAQUE, C. M. S.; HADDAD JÚNIOR, V. Animais peçonhentos no Brasil: Biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. 2ª edição, Sarvier, 2009. p. 227-251.

MOREIRA, S. C.; LIMA, J. C.; SILVA, L.; HADDAD JUNIOR, V. Descrição de um surto de lepidopterismo (dermatite associada ao contato com mariposas) entre marinheiros, ocorrido em Salvador, Estado da Bahia. Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical, 40(5), 591-593, 2007.

RAFAEL, J. A.; MELO, G. A. R.; CARVALHO, C. J. B.; CASARI, S. A.; CONSTANTINO, R. Insetos do Brasil: Diversidade e Taxonomia. Ribeirão Preto: Holos, 795 p, 2012.

SHIELDS, O. Fossil butterflies and the evolution of lepidoptera. Journal of Research on the Lepidoptera, Department of Entomology, California, 1976.

SILVA, K. R. L. M. Envenenamento pela taturana Lonomia obliqua: estudo das propriedades hemorrágica e inflamatória do veneno em modelos animais. Porto Alegre. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2007.

SOUSA, E. S. Borboletas e Mariposas. Agência de Informação Embrapa. Disponível em: www.agencia.cnptia. embrapa.br/Agencia16/AG01/arvore/A G01_81_911200585235.html. Acesso em: 15 maio 2017.

VILLAS-BOAS, I. M.; ANDRADE, R. M. G.; BAPTISTÃO, C. C. S.; SANT'ANNA, O. A.; TAMBOURGI, D. V. Characterization of Phenotypes of Immune Cells and Ctytokines Associated with Chronic Exposure to Premolis semirufa Caterpillar Bristles Extract. Pararama Toxins Activate a Potent Immune Response. PLoS ONE, 8(9), 1-12, 2013.

VILLAS-BOAS, I. M. S. Caracterização biológica e imunoquímica da peçonha da lagarta de Premolis semirufa, agente etiológico da pararamose, doença ocupacional dos seringueiros da Amazônia. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2013.

WEN, F. H.; DUARTE, A. C. Acidentes por Lonomia. In: CARDOSO, J. L. C.; SIQUEIRA FRANÇA, F. O.; WEN, F. H.; MALÁQUE, C. M. S.; HADDAD JR., V. Animais peçonhentos no Brasil: Biologia, clínica e terapêutica dos acidentes. 2ª edição, Sarvier, 2009. p. 240-247.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 Base de Indexadores: