A GÊNESE BIOFÍSICA DA MEMÓRIA

Arnaldo Pinto Guedes de Paiva Neto

Resumo


O artigo “A GÊNESE BIOFÍSICA DA MEMÓRIA” analisa os períodos das etapas constituintes do processo físico relativístico de memorização. Objetiva explicar o resultado sincrônico da atividade cerebral em relação ao meio externo e correlaciona este mecanismo com as unidades de sincronias existentes no Universo. A visão científica deste trabalho se embasa, em termos gerais, na especificação da memória como grandeza biofísica. O estudo metódico do processo psíquico de sincronização, em forma matemática, não nega a transcendência e crenças individuais do ser, mas busca acrescentar aos dados científicos a criatividade necessária para se aproximar da interpretação do objeto analisado que se considera como realidade (Deus).


Texto completo:

PDF

Referências


ANTONIADIS, John et al. A massive pulsar in a compact relativistic binary. Science, v. 340, n. 6131, p. 1233232, 2013.

CATTANI, M. Einstein Gravitation Theory: Experimental Tests I. arXiv preprint arXiv:1005.4314, 2010.

DE OLIVEIRA ANDRADE, Adriano. Reconhecimento de Voz Utilizando Redes Neurais. 1998. Tese de Doutorado. Universidade Federal de Goiás.

EINSTEIN, Albert. The meaning of relativity. Psychology Press, 2003.

EINSTEIN, Albert. Os fundamentos da teoria da relatividade geral. A. Einstein, H. Lorentz, H. Weyl e H. Minkowski, O Princıpio da Relatividade, p. 141-214, 1978.

FRAUTSCHI, Steven. Entropy in an expanding universe. Science, v. 217, n. 4560, p. 593-599, 1982.

GOSWAMI, Amit. A Física da Alma: A explicação científica para a reencarnação, a imortaliade e as experiências de quase morte. Aleph, 2015.

GUYTON, Arthur Clifton; HALL, John E.; GUYTON, Arthur C. Tratado de fisiologia médica. Elsevier Brasil, 2006.

HUBBLE, Edwin. A relation between distance and radial velocity among extra-galactic nebulae. Proceedings of the National Academy of Sciences, v. 15, n. 3, p. 168-173, 1929.

LIBERSON, W. T. Recent advances in Russian neurophysiology. Annual review of physiology, v. 19, n. 1, p. 557-588, 1957.

LlBET, Benjamin E., WRIGHT, E., FEINSTEIN, B. & PEARL, D. Subjective referral of the timing of a cognitive sensory experience. Brain, 102: 193, 1979.

LIBET, Benjamin. Unconscious cerebral initiative and the role of conscious will in voluntary action. In: Neurophysiology of consciousness. Birkhäuser Boston, 1993. p. 269-306.

MARQUES, Juracy. Ecologia do Espírito. Petrolina: Gráfica Franciscana, 2016.

PATTERSON, Claire. Age of meteorites and the earth. Geochimica et Cosmochimica Acta, v. 10, n. 4, p. 230-237, 1956.

SUA, MICROFISIOLOGIA DOS NEURÔNIOS CORTICAIS E.; PARA, SIGNIFICAÇÃO; TIONEN, NEURONEUNDIHREBEDEUTU NGF Ü. RDIESINNESUNDHIRNFUNK. Análises de revistas. Arq. Neuro-Psiquiatr, vol.16. no.1 São Paulo, 1958.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 Base de Indexadores: