O Movimento Indígena e os Professores: Os Professores Indígenas e o Movimento

Neimar Machado de Sousa, Veronice Lovato Rossato, Teodora Souza

Resumo


O artigo analisa a trajetória histórica dos movimentos de professores indígenas, com ênfase em Mato Grosso do Sul, em conexão com o movimento indígena em suas múltiplas expressões. As reflexões resultam da análise documental sobre a história do movimento indígena, além da observação participante nas assembleias indígenas em aldeias e maiores, como por exemplo o Acampamento Terra Livre, Aty Guasu, Assembleia Terena, Fóruns de Educação Escolar Indígena e Encontros de Professores. Fundamenta-se também no diálogo com protagonistas da Educação Escolar Indígena no âmbito da formação de professores indígenas. O objetivo do artigo é esclarecer a relação de continuidade e alianças entre o movimento indígena e o movimento de professores indígenas, identificando linhas de ação de médio e longo prazos do movimento. A fundamentação teórica e metodológica constitui-se na pesquisa histórica e documental analisada na perspectiva multidisciplinar das ciências humanas, além de entrevistas com lideranças indígenas, registradas em caderno de campo. Como resultado da pesquisa, destaca-se a interconexão entre o movimento indígena e o movimento de professores indígenas, além da inseparabilidade entre a demanda territorial, direito fundamental, sem o qual os demais, saúde e educação, não se viabilizam.


Palavras-chave


; Movimento de professores indígenas, Guarani e Kaiowá; Terena; Movimentos sociais;

Texto completo:

PDF

Referências


ANE/CIMI . Relatório do VI Encontro Nacional de Educação: Subsídio de estudo. Luziânia/GO, dez.1999, [datil.].

BRASIL. Territórios Etnoeducacionais. MEC/SECADI, s/d.

FNEEI. Carta de Brasília. Brasília, 2017.

FOREEIMS. Carta de Dourados. Dourados, 2016.

LORENÇO, Renata. A política Indigenista do Estado republicano junto aos índios da Reserva Indígena de Dourados e Panambizinho na área da educação Escolar (1929 a 1968) –Dourados, MS. Dourados: UEMS, 2008.

MELIÁ, Bartomeu. El Paraguay inventado. Asunción: CEPAG, 1997, p. 49.

MONTE, Nietta Lindenberg. Referenciais Curriculares Pedagógicos Indígenas – RCI. I Encontro Nacional de Coordenadores de Projetos na área de Educação Escolar Indígena. Brasília, 1997 [datil.].

MPGK. Documentos finais, relatórios e folhetos dos Encontros de Professores e Lideranças Guarani e Kaiowá. 1991, 1992, 1995, 1997, 2001, 2005, 2006, 2008, 2009, 2010, 2011, 2012, 2013, 2014, 2015, 2016.

OLIVEIRA, João Pacheco de. O nascimento do Brasil e outros ensaios: “pacificação”, regime tutelar e formação de alteridades. Rio de Janeiro: Contra Capa, 2016.

PAULA, Eunice Dias de. 1º Encontro de Educação Escolar Indígena da América Latina/MS. Dourados, 1998, [datil.].

PREZIA, Benedito. História da Resistência Indígena. São Paulo: Expressão Popular, 2017.

ROSSATO, Veronice Lovato. Os resultados da escolarização entre os Kaiowá e Guarani no Mato Grosso do Sul. “Será o letrao ainda um dos nossos?” Campo Grande, 2002. Dissertação (Mestrado). Universidade Católica Dom Bosco.

ROSSATO. Veronice Lovato. Histórico do Movimento dos Professsores Guarani e Kaiowa. 2014. (não publicado)

SILVESTRE, Célia M. Foster e ROSSATO, Veronice L. Formação de Professores Guarani e Kaiowá: Ára Verá (mais de) uma década de experiência. 2010.

SILVESTRE, Celia M. Foster. Entretempos: experiências de vida e resistência entre os Kaiowá e Guarani a partir de seus jovens. Tese (Doutorado em Sociologia) – Universidade Estadual Paulista. Araraquara, 2011.

SOUSA, Neimar Machado de. A catequese colonial jesuítica na região do Itatim no século XVII. São Carlos: UFSCar, 2010. Tese (Doutorado).

SOUZA, Teodora de. Educação Escolar Indígena e as políticas públicas no município de Dourados. Campo Grande, 2013. Dissertação (Mestrado). Universidade Católica Dom Bosco.

TROQUEZ, Marta Coelho de Castro. Professores índios e transformações socioculturais em um cenário multiétnico: a Reserva Indígena de Dourados (1960-2005). Dourados, 2006. Dissertação (Mestrado). Universidade Federal da Grande Dourados.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.