DISCURSO EM PLENÁRIO: A construção do ethos sob a luz das Ações afirmativas

Claudia Valéria Alves dos Santos

Resumo


Este artigo trata da construção do ethos discursivo na cena enunciativa do discurso em plenário do deputado Luiz Alberto concernente às questões acerca as ações afirmativas. Considerando os pressupostos teóricos da Análise do Discurso francesa, sobretudo, a concepção de ethos postulada por Maingueneau (2005), o objetivo é examinar, no discurso selecionado para este fim, a forma como o enunciador constrói uma imagem de si (ethos discursivo) e revela-se no interior do discurso. Os resultados revelam que o ethos está ligado a capacidade de suscitar a crença do co-enunciador, uma vez que a imagem do enunciador discursivo é construída por intermédio de caracteres linguísticos e sociais, partilhados por um mundo ético que demonstra aspectos políticos e sociais da normatização do ensino de africanidades pela Constituição, mediante norma-princípio e, posteriormente, pela lei 10.639 e dessa forma, provocar reflexões sobre as atribuições da escola na sociedade atual e o tipo de proteção, que vem sendo efetivada mediante leis e políticas públicas, discutindo questões referentes à produção de verdades sobre o ensino de africanidades pelo discurso em plenário do deputado federal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.