Representações literárias do masculino através do feminino: uma reflexão comparativa

Katrícia Costa Silva Soares de Souza Aguiar

Resumo


Resumo: O presente trabalho busca investigar a representação do feminino nas obras Infância (1945), de Graciliano Ramos, e Viva o povo brasileiro (1984), de João Ubaldo Ribeiro, analisando a representação do masculino através do feminino. Nesses enredos, estão, respectivamente, Mocinha e Maria da Fé, que embora não sejam as protagonistas das narrativas, em determinados momentos dos romances, ganham destaque. Através dessas personagens, é possível perceber diferentes representações do feminino, que não se opõem, mas se afastam em diversos aspectos. Pois, cada uma ao seu modo, se mostra revolucionária, rompendo com as determinações impostas por uma sociedade patriarcal e falocêntrica.

Palavras-Chave:Infância. Viva o povo brasileiro. Feminino. Masculino. Sociedade.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Grau Zero - Revista de Crítica Cultural
(Organizada pelo PÓS-CRÍTICA)

Publicação Semestral

ISSN 2318-7085

 

INDEXADORES

 

 

 


FOMENTO/FINANCIAMENTO