DEMONSTRAÇÃO DO VALOR ADICIONADO (DVA): UMA ANÁLISE DA GERAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO DE RIQUEZAS DAS EMPRESAS LISTADAS NO ÍNDICE DE SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL (ISE)-B3

Thaís Santos de Sousa, Juliano Almeida de Faria

Resumo


Esse trabalho teve como objetivo analisar as DVA publicadas pelas companhias de capital aberto componentes da carteira 2018 do índice ISE-B3. Foram usados indicadores de geração e distribuição de riqueza como variáveis na análise da pesquisa. A análise contemplou a amostra de 30 companhias abertas listadas na carteira de 2018 do ISE e 30 companhias não- ISE listadas na B3 no período de 2014 a 2018. Para analisar a variação dos indicadores utilizou-se o teste estatístico paramétrico t de Student para amostras independentes e o teste Mann-Whitney para amostras não paramétricas. Os resultados obtidos a partir dos testes estatísticos t de Student e Mann-Whitney, em um intervalo de 95% de confiança, com significância de 0,05, verificou que as empresas do Grupo ISE e Não ISE apresentam evidências estatísticas similares, ou seja, não apresentaram variação significativa em relação ao período analisado pois o p-value foi superior a 0,05 em todos os casos. Conclui-se assim que o fato das empresas, pertencerem ou não ao Índice de Sustentabilidade Empresarial, não afetou significativamente a DVA dessas empresas, considerando os indicadores utilizados na pesquisa.

Palavras-chave


Demonstração do Valor Adicionado; Índice de Sustentabilidade Empresarial; Indicadores

Texto completo:

PDF

Referências


BARROS, Claudio Marcelo Edwards; ISIDORO, Claudinei; CATAPAN, Anderson; SCHERER, Luciano Marcio. Relevância do valor adicionado: um estudo empírico em sociedades anônimas abertas brasileiras. XXXII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Bento Gonçalves, RS, Brasil, p. 1-15, 15 out. 2012. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/enegep2012_TN_STP_159_929_19761.pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

BEUREN, I. M. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e pratica. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

BRASIL, Mariana Moura. A informação da carga tributária das empresas listadas na BM&FBOVESPA a partir da DVA. 2017. Trabalho de conclusão de curso (Grau de bacharel em Ciências Contábeis) - Unijuí, Ijuí, 2017. Disponível em:http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/bitstream/handle/123456789/4808/Mariana%20Moura%20Brasil.pdf?sequence=1. Acesso em: 22 mar. 2019.

CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Pronunciamento Técnico CPC 09: Demonstração do Valor Adicionado. Brasília, DF, 30 out. 2008. Disponível em: http://www.cpc.org.br/CPC/DocumentosEmitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=40. Acesso em: 12 jan. 2019.

CPC – Comitê de Pronunciamentos Contábeis. Pronunciamento Técnico CPC 00: Estrutura Conceitual para Elaboração e Divulgação de Relatório Contábil-Financeiro. Brasília, DF, 02 dez . 2011. Disponível em: http://www.cpc.org.br/CPC/Documentos-Emitidos/Pronunciamentos/Pronunciamento?Id=80

CUNHA, Jacqueline Veneroso Alves da. Demonstração contábil do valor adicionado – DVA – um instrumento de mensuração da distribuição da riqueza das empresas para os funcionários. 2002. Dissertação (Mestrado em Controladoria e Contabilidade) – Faculdade de Economia e Contabilidade da Universidade de São Paulo, São Paulo.

DE LUCA, Márcia Martins Mendes. Demonstração do valor adicionado: do cálculo da riqueza criada pela empresa ao valor do PIB. São Paulo: Atlas, 1998.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de Pesquisa. Rio Grande do Sul: Editora da UFRGS, 2009. Disponível em: http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf. Acesso em: 11 jan. 2019.

GIDDENS, Anthony. Sociologia.Tradução: Sandra Regina Netz. 6 ed. Porto Alegre: Artmed, 2012.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial. Disponível em: . Acesso em: 15/12/2018.

IUDÍCIBUS, Sérgio de; MARTINS, Eliseu; GELBCKE, Ernesto Rubens; SANTOS, Ariovaldo dos. Manual de Contabilidade Societária. 2 ed., São Paulo: Atlas, 2013.

MACHADO, Márcio André Veras; MACEDO, Marcelo Alvaro da Silva; MACHADO, Márcia Reis. Análise da Relevância do Conteúdo Informacional da DVA no Mercado Brasileiro de Capitais. Revista Contabilidade & Finanças, – USP, São Paulo, v. 26, n. 67, p. 57-69, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rcf/v26n67/pt_1519-7077-rcf-26-67-00057.pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

MARION, José Carlos. Análise das Demonstrações Contábeis: Contabilidade Empresarial. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2010.

MARIN, Daiane. A Demonstração do Valor Adicionado em Empresas do Novo Mercado: uma análise da distribuição da riqueza aos agentes econômicos. 2017. Trabalho de Conclusão de Curso (Grau de Bacharel em Ciências Contábeis) - Universidade Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2017. Disponível em: https://repositorio.ucs.br/xmlui/bitstream/handle/11338/3197/TCC%20Daiane%20Marin.pdf?sequence=1&isAllowed=y. Acesso em: 28 mar. 2019.

MARQUES, Alessandra Vieira Cunha; SANTOS, Cassius Klay Silva; LEMES, Sirlei. Divulgação dos Relatórios Contábeis: um estudo da relevância das informações contábeis sobre ativos intangíveis. Anais do Encontro da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, p. 1-16, 13 set. 2014. Disponível em: http://www.anpad.org.br/admin/pdf/2014_EnANPAD_CON890.pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

Marôco, João. Análise Estatística com o SPSS Statistics. 7. ed. Portugual: ReportNumber, 2018. Disponível em: https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=Ki5gDwAAQBAJ&oi=fnd&pg=PP1&dq=teste+parametrico+e+n%C3%A3o+param%C3%A9trico&ots=zMurqxGegH&sig=dJ0YzZUNKz_AuDuuxxeMt7zqjFs#v=onepage&q&f=true. Acesso em : 16/09/2019

MONTOTO, Eugenio. Contabilidade Geral e Avançada.5.ed. São Paulo: Saraiva, 2018.1561p. Disponível em: https://georgenunes.files.wordpress.com/2018/11/contabilidade-geral-e-avanc3a7ada-eugenio-montoto-2018.pdf. Acesso em: 10 jan.2019.

NUNES, Victor Malta; MIRANDA, Gilberto José. Geração e Distribuição do Valor Adicionado em 2013: análise das companhias listadas no IBrX-100, Revista Evidenciação Contábil e Finanças, v.4, n. 1, p. 18-32, jan/abr 2016.

OLIVEIRA, Ismael Alencar Fiuza de; COELHO, Antônio Carlos Dias. Impacto da divulgação obrigatória da DVA: Evidência em indicadores financeiros. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, João Pessoa, v. 2, n. 3, p. 41-55, set/dez. 2014.

OLIVEIRA, Meiriele Silva; RECH, Ilirio José; CUNHA, Moisés Ferreira da. Relação Entre a Distribuição de Riqueza Apresentada na DVA e o IDH-M dos Municípios Sede de Empresas Abertas. In: Contabilidade e Controladoria no Século XXI, 2015, São Paulo. São Paulo: [s. n.], 2015. Disponível em: https://congressousp.fipecafi.org/anais/artigos152015/289.pdf. Acesso em: 14 fev. 2019.

QUINTANA, Alexandre Costa; MARTINS, Alex Sandro Rodrigues; JACQUES, Flávia Verônica Silva; MACHADO, Daiane Pias. O balanço social como um instrumento de informação para a sociedade: um estudo na Universidade Federal do Rio Grande. Revista Contemporânea de Contabilidade, v. 10, n. 19, p. 49-70, 2013. ISSN 2175-8069.

RODRIGUES, Jomar Miranda; ELIAS, Wanderson Gonçalves; CAMPOS, Edmilson Soares. Relevância da Informação Contábil: uma análise dos efeitos da contabilização dos gastos com pesquisa e desenvolvimento com a aplicação da Lei 11.638/07 no mercado brasileiro. XIV Congresso USP de Controladoria e Finanças, São Paulo, SP, Brasil, 21 jul. 2014. Disponível em: https://congressousp.fipecafi.org/anais/artigos142014/237.pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

SANTOS, ALYNE ALVES; BOTINHA, REINER ALVES; LEMES, SIRLEI. Análise da Value Relevance da Demonstração do Valor Adcionado nos Níveis Diferenciados de Governança Corporativa da BM&FBOVESPA. Revista Catarinense da Ciência Contábil ISSN 2237-7662, Florianópolis, SC, v. 18, p. 1-16, 23 abr. 2019. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/2697-8345-3-PB%20(1).pdf. Acesso em: 16 set. 2019.

SILVA, A. C. R. Metodologia da pesquisa aplicada a contabilidade: orientações de estudos, projetos, artigos, relatórios, monografias, dissertações, teses. São Paulo: Atlas, 2003.

SILVA, Amanda Ferreira. Demonstração do Valor Adicionado: as empresas classificadas como mais sustentáveis evidenciam maior distribuição de riqueza à sociedade?. Uberlândia, junho 2017. Disponível em: http://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/19302/1/DemonstracaoValorAdicionado.pdf. Acesso em: 17 jan. 2019.




DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v8i2.7376

Apontamentos

  • Não há apontamentos.