AQUISIÇÃO DE CONTROLE EMPRESARIAL NO BRASIL: UM ESTUDO SOBRE O DESEMPENHO DE EMPRESAS COMPRADORAS

Rui Bezerra Silva, Roberto Marcos da Silva Montezano

Resumo


Este artigo buscou identificar e descrever mudanças econômicas e financeiras enfrentadas por empresas adquirentes de controles acionários de outras empresas. A análise adotou indicadores econômicos e financeiros vistos em contabilidade e em finanças corporativas: liquidez, alavancagem, rentabilidade, desempenho operacional e sinergias. Para isto foi estudada amostra de operações de aquisição de controle de empresas realizadas no Brasil entre 2006 e 2013. De características descritiva e quantitativa, a pesquisa usou dados secundários e investigou se houve mudanças após aquisições nas métricas de desempenho das empresas compradoras após as aquisições. São três os resultados principais em termos estatísticos. Primeiro, houve queda nos indicadores de liquidez nos três anos após aquisição. Segundo, a pesquisa mostrou evidência fraca de queda em rentabilidade após aquisições. Terceiro, contrariamente à hipótese de ganhos de sinergia como motivadores de aquisições, não houve evidências de ganhos com sinergias. O estudo contribuiu para a literatura empírica do campo e mostrou indícios de que melhorias em desempenhos empresariais após aquisições de controles acionários de outras empresas é questão que deve ser avaliada com cautela.


Palavras-chave


Controle Acionário; Fusões e Aquisições; Indicadores de desempenho Financeiro e Econômico.

Texto completo:

PDF

Referências


BARRACLOUGH, K. et alia. Using option prices to infer overpayments and synergies in m&a transactions. Review of Financial Studies, v. 26, n. 3, p. 695–722, 28 nov. 2013.

BESSLER, W.; SCHNECK, C. Excess premium offers and bidder success in European takeovers. Eurasian Econ Rev, n. 5, p. 23–62, 2015.

BIEGELMEYER, G. et alia. Ferramentas Financeiras Em Um Comércio De Instrumentos Musicais: Elaboração Do Fluxo De Caixa E Demonstração Dos Indicadores Financeiros. Revista Global Manager, p. 188–213, 2014.

BRITO, G.; BATISTELLA, F.; FAMÁ, R. Fusões e aquisições no setor bancário: avaliação empírica do efeito sobre o valor das ações. Revista de Administração da USP - RAUSP, n. 2003, p. 353–360, 2005.

CAMARGOS, M. A. DE; BARBOSA, F. V. Fusões e Aquisições de Empresas Brasileiras : Sinergias Operacionais , Gerenciais e Rentabilidade. Revista Contabilidade Vista & Revista, v. 21, n. 1, p. 69–99, 2010.

CAMARGOS, M. A. DE; COUTINHO, E. S. A Teoria da Firma e a Fundamentação Teórica para Fusões e Aquisições : uma Análise de suas Interfaces. RAC Eletronica, p. 273–295, 2008.

CAMARGOS, M. DE; BARBOSA, F. Análise do desempenho econômico-financeiro e da criação de sinergias em processos de fusões e aquisições do mercado brasileiro ocorridos entre 1995 e 1999. REGE Revista de Gestão, p. 99–115, 2005.

CHATTERJEE, S. Types of Synergy and Economic Value: The Impact of Acquisitions on Merging and Rival Firms. Strategic management journal, v. 7, n. 2, p. 119–139, 1986.

COASE, R. The nature of the firm. Economica, v. 4, p. 386-405,1937.

DAMODARAN, A. Finanças Corporativas: Teoria e Prática. 2 edição ed. [s.l.] Bookman, 2004.

DAVIS, R.; THOMAS, L. Direct estimation of synergy: A new approach to the diversity-performance debate. Management Science, n. 11, p. 1334–1347, 1993.

GRIGORIEVA, S.; PETRUNINA,T. The Performance of Mergers and Acquisitions in Emerging Capital Markets. Journal of Management Control, v. 26, n. 4, p. 377-403, 2015.

LEMES Jr., A. B.; RIGO, C. M.; CHEROBIM, A. P. M. S. Administração financeira: princípios, fundamentos e práticas brasileiras. Rio de Janeiro, 2002. 698 p

KAYO, E.; PATROCÍNIO, M.; MARTIN, D. Intangibilidade e criação de valor em aquisições: o papel moderador do endividamento. Revista de Administração da USP - RAUSP, p. 59–69, 2009.

KODE, G. V. M.; FORD, J. C.; SUTHERLAND, M. M. A conceptual model for evaluation of synergies in mergers and acquisitions: A critical review of the literature. South African Journal of Business Management, p.27-38, 2003.

KPMG FINANCIAL ADVISORY SERVICES. Pesquisa de Fusões e Aquisições 2005 – 4o trimestre Mirror of transactions undertaken in Brazil, 2005.

KPMG FINANCIAL ADVISORY SERVICES. Pesquisa de Fusões e Aquisições 2013 – 4o trimestre Mergers & Acquisitions. 2013.

KRISHNAKUMAR, M. D.; SETHI, D. M. Methodologies Used to Determine Mergers and Acquisitions’ Performance. Academy of Accounting and Financial Studies Journ, v. 16, n. 3, p. 1–20, 2012.

KRISHNAN, H. A.; KRISHNAM, R.; LEFANOWICZ, C. E. Market perception of synergies in related acquisitions. Academy of Strategic Management Journal, v. 8, n. 1, p. 99–120, 2009.

LAJOUX, A.; REED, S. The art of M & A integration: a guide to merging resources, processes, and responsibilities. 4. ed. [s.l.] McGraw-Hill Education;, 2007.

LIMA, F. G.; NETO, A. A. Fundamentos de Administração Financeira. São Paulo. Atlas, p.100-125, 2010.

LOUGHRAN, T.; VIJH, A. Do long‐term shareholders benefit from corporate acquisitions? The Journal of Finance, v. 13, n. 5, 1997.

MAIRE, S.; COLLERETTE, P. International post-merger integration: Lessons from an integration project in the private banking sector. International Journal of Project Management, v. 29, n. 3, p. 279–294, abr. 2011.

Vieira, E; Santos, A; Lagioia,U; Vieira, G; Santos, J; Melhores Grupos de Índices e Demonstrações Contábeis para Análise da Situação Econômico-Financeira das Empresas na Percepção de Analistas do Mercado de Capitais. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 17, n. 3, p. 29–46, 2014.

MARTIN, J.; EISENHARDT, K. Exploring Cross-Business Synergies. Academy of Management Proceedings, p. 1–7, 2001.

MEHROTRA, A.; SAHAY, A. Systematic Review on Financial Performance of Mergers and Acquisitions in India. Vision: The Journal of Business Perspective, v. 22, n. 2, p.211-221, 2018.

MOTTA, L. F. J. DA et al. Criação de Valor em Fusões e Aquisições Brasileiras. Revista de Administração FACES Journal, 19 dez. 2013. Disponível em: . Acesso em: 21 out. 2015

PÓVOA, A. Valuation: Como Precificar Ações. [s.l.] Elsevier B.V., 2012.

RAO-NICHOLSON, R.; SALABER, J.; CAO, T. H. Long-Term Performance of Mergers and Acquisitions in ASEAN Countries. Research in International Business and Finance, v. 36, J, p. 373-387, January, 2016.

REDDY, K.; QAMAR, M.; YAHANPATH, N. Do Mergers and Acquisitions Create Value? The Post-M&A Performance of Acquirings Firms in China and India. Studies in Economics and Finance, v. 36, n. 2, p. 240-264, 2019.

ROCHA, F.; IOOTY, M.; FERRAZ, J. Desempenho das fusões e aquisições na indústria brasileira na década de 90: a ótica das empresas adquiridas. Revista de Economia Contemporânea, v.5, Especial, p.2-36, 2001.

ROSSETTI, José Paschoal. Fusões e aquisições no Brasil: as razões e os impactos. In: BARROS, Betânia Tanure de (Org.). Fusões, aquisições & parcerias. São Paulo: Atlas, 2001. 184 p. cap. 3, p. 67-87.

SARFATI, G.; SHWARTZBAUM, A. Sinergias nas Fusões e Aquisições do Setor de Educação Superior no Brasil. Pensamento Contemporâneo em Administração, v. 7, n. 4, p. 1–23, 2013.

SETH, A. Sources of value creation in acquisitions: an empirical investigation. Strategic Management Journal, v. 11, n. January, p. 431–446, 1990.

SETH, A.; SONG, K.; PETTIT, R. Synergy, managerialism or hubris? An empirical examination of motives for foreign acquisitions of US firms. Journal of International Business Studies, Vol. 31, No. 3 (3rd Qtr., 2000), pp. 387-405.

SIROWER, M. L. The Synergy Trap - How Companies Lose the Acquisition Game. Simon and Schuster, 1997 - 288 p.

WANG, C.; XIE, F. Corporate Governance Transfer and Synergistic Gains from Mergers and Acquisitions. Review of Financial Studies, v. 22, n. 2, p. 829–858, 13 nov. 2006.

YAGHOUBI, R.; YAGHOUBI, M.; LOCKE, S.; GIBB, J. Mergers and Acquisitions: A Review (part 2), Studies in Economics and Finance, v. 31, n. 3, p. 437-464, 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v8i2.5586

Apontamentos

  • Não há apontamentos.