A RELEVÂNCIA DAS INFORMAÇÕES FINANCEIRAS NAS EMPRESAS LISTA-DAS NA B3 QUE ATUAM COM ATIVOS BIOLÓGICOS APÓS ADOÇÃO DO CPC 29

Ronivaldo Alcebiades Ferreira, Aridelmo Teixeira

Resumo


Neste trabalho faz-se uma análise sobre os efeitos na relevância das informações financeiras após a adoção do CPC 29, propondo-se verificar se houve alterações significativas, sobretudo quanto ao preço das ações, conteúdo informacional, capacidade preditiva de geração de caixa futuro das empresas brasileiras listadas na B3. Foram analisadas informações no período de 2005 a 2017 de empresas participantes da B3 que mantiveram estoques de ativo biológico. Aplicou-se o modelo Value Relevance no tratamento dos dados. Os resultados encontrados sugerem que a implementação das normas IFRS propiciou alterações relacionadas à precifica-ção da ação em t+4 meses após o fechamento das demonstrações financeiras e confirmou a existência de relação positiva entre o ativo biológico e o preço da ação. Os resultados de-monstram ainda presença de ganhos ao conteúdo informacional apontado pela mudança de percepção dos investidores. Contudo, os dados analisados não demonstraram ganhos informa-cionais sobre a geração de fluxo de caixa operacional em três meses após o fechamento das demonstrações contábeis. Como contribuições destaca maior clareza após a aplicação da nor-ma, além de subsidiar a classe profissional e acadêmica com seus resultados.


Palavras-chave


CPC 29; Valor justo; Ativos biológicos; Conteúdo informacional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v8i2.5481

Apontamentos

  • Não há apontamentos.