AVALIAÇÃO DE ATIVOS INTANGÍVEIS: MODELOS ALTERNATIVOS PARA DETERMINAÇÃO DO VALOR DE PATENTES

Hudson Fernandes Amaral, Robert Aldo Iquiapaza, Laise Ferraz Correia, Gustavo Henrique de Oliveira Amaral, Marcos Villela Vieira

Resumo


Neste estudo, examinam-se os modelos de avaliação de ativos intangíveis – mais precisamente, patentes – sob dois prismas: o tradicional, que engloba o método de avaliação por fluxos de caixa descontados; e o heterodoxo – ou seja, da teoria das opções reais. Inicialmente, discute-se a relevância dos processos de avaliação e análise de investimentos em inovação, bem como a importância da avaliação econômico-financeira, no Brasil e no mundo. Nessa perspectiva, os investimentos em inovação dão origem a um ciclo que se caracteriza como forte determinante da riqueza das nações. É apresentada a análise dos resultados obtidos pelo estudo de caso de uma transferência de tecnologia de uma Instituição de Ensino Superior - IES, considerando que essa tecnologia possui proteção (patente) na primeira simulação e sem proteção (sem patente) na segunda simulação. Para tanto, discutem-se a formação dos preços dos ativos intangíveis e a aplicação desses métodos em cada uma das situações propostas no caso analisado. Os resultados mostram uma superioridade financeiramente significativa do modelo com patente em relação ao modelo sem patente, embora se evidencie, também, a necessidade de se desenvolverem pesquisas mais aprofundadas para melhor modelar a avaliação de patentes mediante a teoria das opções reais. As análises sugerem que o processo de obtenção de patente da tecnologia desenvolvida pela IES pode aumentar o seu valor na transferência. Os modelos podem, também, servir como um parâmetro para a IES definir o valor da transferência dessa tecnologia.


Palavras-chave


Métodos de avaliação de intangíveis; patentes; fluxo de caixa, opções reais.

Texto completo:

ARTIGO

Referências


ALBINO, V.; PETRUZZELI, A.M.; ROTOLO, D. Measuring Patent Value: An Empirical Analysis of the U.S. Biotech Industry, 2009.

AMRAM, M. The challenge of valuing patents and early-stage technologies, J. Appl. Corp. Finance, V. 17, p. 68–81, 2005.

AMRAM, M. e KULATILAKA, N. Real options: managing strategic investment in an uncertain world. Boston: Harvard Business School Press, 246 p, 1999.

Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais S.A. – BDMG, acesso ao sitio http://www.bdmg.mg.gov.br, em 2013.

ASSAF NETO, A. Finanças corporativas e valor. São Paulo: Atlas, 2008.

BLACK, F.; SCHOLES, M. The Pricing of Options and Corporate Liabilities. Journal of Political Economy, v. 81, p. 637-659, May-June 1973.

BRANDÃO, L. E.; DYER, J. S.; HAHN, W. J. Using binomial trees to solve real-option valuation problems. Decision Analysis, v. 2, n. 2, p. 69–88, 2005.

CARSBERG, B. V. The Contributions of P. D. Leake to the Theory of Goodwill Valuation. Journal of Accounting Research, Chicago, University of Chicago, v. 4, n.1, spring, 1966.

CERBASI, G. P. Metodologias para determinação do valor das empresas: uma aplicação no setor de geração de energia elétrica. Dissertação de Mestrado. São Paulo: FEA/USP, 2003.

COPELAND, T.; KOLLER, T.; MURRIN, J. Avaliação de empresas – Valuation: calculando e gerenciando o valor das empresas. São Paulo: Makron Books, 2002.

COX, J.; ROSS,S.; RUBINSTEIN, M. Option pricing a simplified approach, Journal of Financial Economics, v. 7, n. 3, p. 229-263, October 1979.

DAMODARAN, A. Avaliação de investimentos: ferramentas e técnicas para a determinação do valor de qualquer ativo. Rio de Janeiro: Qualitymark Ed., 1997.

DAMODARAN, A. Investment valuation. 2.ed. New York: Wiley, 2002.

DAMODARAN, A. Country Risk and Company Exposure: Theory and Practice.’’ Journal of Applied Finance, v. 13, n.2, p. 64–78, 2003.

DAMODARAN, A. Finanças Corporativas: Teoria e Pratica, Bookmam, São Paulo:, 466 p, 2004.

DAMODARAN, A. Dealing with Intangibles: valuing brand names, flexibility and patents. New York: Stern School of Business, 2006.

DAMODARAN, A. A Face Oculta da Avaliação de Empresas, Prentice Hall, São Paulo: Makron Books, 466 p, 2007a.

DAMODARAN, A. Avaliação de Empresas. 2 ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 464 p, 2007b.

ERNST, H.; LEGLER, S.; LICHTENTHALER, U. Determinants of patent value: Insights from a simulation analysis. Technological Forecasting and Social Change, An International Journal, v. 77, n. 1, p. 1-19, 2010.

FAMÁ, R. Os fatores discriminantes das empresas tangível-intensivas e intangível-intensivas. In: XXXVIII Cladea 2003, Lima – Peru, v. 1, 2003.

GALANTI, S.; JUNG, A. Low-Discrepancy Sequences: Monte Carlo of Options Prices. The Journal of Derivatives, Fall, p. 63-83, 1997.

GAMBARDELLA, A.; HARHOFF, D.; VERSPAGEN, B. The value of European patents. European Management Review, v. 5, p.69–84, 2008.

INSTITUTO NACIONAL DE PROPRIEDADE IINDUSTRIAL – INPI, acesso ao sitio http://www.inpi.gov.br, em 2009.

KOLLER, T.; GOEDHART, M.; WESSELS, D. Valuation: measuring and managing the value of companies. New Jersey: John Wiley & Sons, 2005.

LEONE, M. I. e ORIANI, R. The Option Value of Patent License. University of Bologna, Luiss Guido Carli University, 2007.

LEV, B. Intangibles: Management, Measurement and Reporting. Washington, DC: Brookings Institution Press, 2001.

LOOP, D.; SCHEFFER, G. V.; LIPFERT, S. Patent valuation at IP Bewertungs AG. World Intelectual Property Organization, 2004.

MAHONEY, R. H. Handbook of Best Practices for Management of Intellectual Property, in Health and Development, United Kingdom: Centre for Management of Property in Health Research and Development, 2003.

MARTINEZ, A. L. Opções reais na análise de contratos de leasing. Revista de Administração de Empresas – RAE, São Paulo, v. 38, n. 2, p. 36-48, Abril/Junho 1998.

MARTINEZ, A. Buscando o Valor Intrínseco de uma Empresa: Revisão das Metodologias para Avaliação de Negócios. In: ENANPAD 1999, Foz do Iguaçu/PR, Setembro 1999.

MATSUURA, H. J. An Overview of Intellectual Property and Intangible Asset Valuation Models. Research Management Review, v. 14, n. 1. University of Dayton School of Law, Spring 2004.

NASCIMENTO, A. Capital intelectual: formas de avaliação e métodos de mensuração. Revista Interdisciplinar Científica Aplicada, Blumenau, v. 2, n. 1, p. 1-15, 2008.

PALEPU, K. G.; HEALY, P. M.; BERNARD, V. L. Business analysis & Valuation. Cincinnati: South-Western College Publishing, 2000.

PATROCÍNIO, M. R.; KAYO, E. K.; KIMURA, H. Aquisição de empresas, intangibilidade e criação de valor: um estudo de evento. Revista de Administração - RAUSP. São Paulo, v. 42, n. 2, 2007.

PEREIRA, C. A. P.; MORAES, E. A. ; SALLABERRY, J. D. Valoração de goodwill gerado internamente através do valor de mercado: um estudo a partir das demonstrações financeiras de uma empresa de tecnologia, Revista de Gestão, Finanças e Contabilidade, ISSN 2238-5320, UNEB, Salvador, v. 3, n. 1, p. 53-70 jan/abr., 2013.

PITKETHLY, R. The Valuation Of Patents: A Review Of Patent Valuation Methods With Consideration Of Option Based Methods And The Potential For Further Research. University of Oxford, Judge Institute Working Paper WP 21/97, 1997.

REILLY, R. F. e SCHWEIHS, R. P. The Handbook of Business Valuation and Intellectual Property Analysis, New York: Irwin Library of Investment Finance – McCraw-Hill, 2004.

ROWE, W. G. Liderança estratégica e criação de valor. RAE – Revista de Administração de Empresas. São Paulo, v. 42, n. 1, 2002.

SCHMIDT, P. e SANTOS, J. L. Avaliação de ativos intangíveis. São Paulo: Atlas, 2002.

SCHMIDT, P.; SANTOS, J. L.; FERNANDES, L. A. Fundamentos da avaliação de ativos intangíveis. São Paulo: Editora Atlas, 2006.

SCHMIDT, P. et al. Modelo Residual de Mensuração de Ativos Intangíveis. Revista de Educação e Pesquisa em Contabilidade - REPeC, v. 2, n. 2, 2008.

SCHWARTZ, E. S. Patents and R&D as Real Options. Anderson School at UCLA, 2001.

SCHWARTZ, E. S. Patents and R&D as Real Options. Economic Notes - Review of Banking, Finance and Monetary Economics, v. 33, n. 1, p. 23-54, 2004.

SZYSZKA, A. From the Efficient Market Hypothesis to Behavioral Finance: How Investor’s Psychology Changes the Vision of Financial Markets. 2007. Disponível em SSRN: http://ssrn.com/abstract=1266862, Acessado em 17 de Outubro de 2011.

TEH, C. C; KAYO, E. K; KIMURA, H. Marcas, Patentes e Criação de Valor. Revista de Administração Mackenzie – RAM, v. 9, n. 1, p. 86-106, 2008.

TRIVIÑOS, A. N. S. Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. São Paulo: Atlas, 1987.

VIANNA SOUZA, A. L. e BARRETO, S. P. Avaliação de ativos intangíveis: algumas técnicas para valorar tecnologia. Rio de janeiro: Bol. Tec. Petrobrás, jan/dez 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.18028/rgfc.v4i1.490

Apontamentos

  • Não há apontamentos.