ORIGEM E APLICAÇÃO DOS RECURSOS EM INSTITUIÇÕES SEM FINS LUCRATIVOS: UMA ANÁLISE DA PASTORAL DA CRIANÇA NO BRASIL

Christiane Souto Santiago Santos, David Rodrigo Petry, Jorge Carlos Paludo, Betania De Marco

Resumo


 A Pastoral da Criança é uma organização que desenvolve ações básicas de cuidado com a saúde e a educação. Para seu desenvolvimento econômico, a entidade conta com o auxílio financeiro por meio de convênios com o primeiro setor e algumas empresas pertencentes ao segundo setor, meios estes encontrados para auxiliar a população, na geração de mais saúde e educação. Diante disto, este trabalho objetivou analisar aspectos relativos às origens e aplicações dos recursos da Pastoral da Criança no Brasil, a partir do Relatório de Auditoria de 2015. A pesquisa, predominantemente qualitativa e com delineamento do estudo de caso, contou com a aplicação de um questionário com perguntas estruturadas e a realização de um grupo focal. Com os resultados foi possível evidenciar que os recursos financeiros recebidos dos setores público e privado são insuficientes para a realização das atividades mensais, e para que possam manter-se, contam com o auxílio das comunidades onde estão inseridas. A prestação de contas ocorre mensalmente, o que permite o acompanhamento do desenvolvimento das atividades com os voluntários em assistência social, saúde e educação. 


Palavras-chave


Pastoral da criança. Origem e aplicação de recursos. Desenvolvimento econômico. Voluntariado.

Texto completo:

ARTIGO

Referências


ARNS, Otília; Zilda Arns: a trajetória da médica missionária. Curitiba-PR: Editora e Livraria do Chain, 2010.

ASCHIDAMINI, Ione Maria; SAUPE, Rosita. Grupo focal-estratégia metodológica qualitativa: um ensaio teórico. Curitiba, 20XX. Disponível em: . Acesso em: 01 Abr. 2016.

BARROS, Aidil de Jesus Paes de. Projeto de pesquisa: propostas metodológicas. Petrópolis-RJ: Vozes, 2014.

BEUREN, Ilse Maria. Como elaborar trabalhos monográficos em contabilidade: teoria e prática. 3. ed. São Paulo: Atlas, 2006.

CONSELHO FEDERAL DE CONTABILIDADE. Interpretação Técnica Geral 2002-Entidade sem finalidade de lucros. Disponível em: . Acesso em 28 Set. 2016.

GIL, Antonio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

HAIR JR, Joseph. et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

OLIVEIRA, Alysson André Régis de; LEITE FILHO, Carlos Alberto Pereira; RODRIGUES, Cláudia Medianeira Cruz. O processo de Construção dos Grupos Focais na Pesquisa Qualitativa e suas Exigências Metodológicas. Rio de Janeiro, 2007. Disponível em: . Acesso em 01 Abr. 2016.

PASTORAL DA CRIANÇA. Cálculo para o Apoio Financeiro Mensal. Disponível em: . Acesso em 31 Jan. 2016.

______. Demonstrações Contábeis em 30 de Setembro de 2015 e Relatório dos Auditores Independentes. Disponível em:

. Acesso em 18 Mar. 2016.

______. Estatuto da Pastoral da Criança. Curitiba-PR, 2015. Disponível em:

. Acesso em 11 Jan. 2016.

______. Missão do coordenador da Pastoral da Criança. Curitiba-PR: CDD 19. ed. 2009.

______. Organograma da Pastoral da Criança. Disponível em:

. Acesso em 18 Jan. 2016.

______. Relação da Pastoral da Criança com Igreja e a República Federativa do Brasil. Disponível em: . Acesso em 11 Mar. 2016.

______. Relatório anual 2015. Disponível em: . Acesso em 18 Mar. 2016.

SANTOS, Christiane Souto Santiago dos. Grupo focal. Jul. 2016. Chapecó-SC.

TACHIZAWA, Takeshy. Organizações não governamentais e Terceiro Setor: criação de ONGs e estratégias de atuação. São Paulo: Atlas, 2007.

YIN, Robert K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.