MESTRADOS PROFISSIONAIS EM REDE: CONTRIBUIÇÕES E DESAFIOS PARA A FORMAÇÃO DOCENTE

Cecilia Rosa Lacerda, Marli Eliza Andre

Resumo


Este texto é resultado de pesquisa que teve como objetivo analisar as contribuições e desafios dos Mestrados Profissionais em Rede no que se refere à formação docente, considerando o olhar dos coordenadores dos cursos. A abordagem metodológica foi qualitativa, tendo como procedimentos de coleta de dados a análise documental e entrevistas semiestruturadas, utilizando o Skype e WhatsApp como recursos de comunicação. O aporte teórico compreendeu os estudos de Garcia (1999), Kincheloe (1997), Nóvoa (2017a) e Zeichner (1993, 2010), que tratam do conceito de desenvolvimento profissional, e a contextualização dos cursos de mestrados profissionais no Brasil foi tecida a partir das contribuições de Moreira (2004) e de Rezende e Ostermann (2015). A análise dos dados nos permitiu discutir três pontos: objetivos e identidade do mestrado; desafios vivenciados pelos gestores; e as contribuições para a formação do professor da educação básica. Os resultados apontaram que o mestrado profissional, em um contexto desafiador, exprime-se como importante dispositivo para a melhoria da formação e aprendizagem docente.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2020.v29.n57.p45-60

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0