A EQUILIBRAÇÃO MAJORANTE EM CRIANÇAS DE EDUCAÇÃO INFANTIL: um estudo de caso

Adriano Canabarro Teixeira, Caroline da Silva Furini, Flávia Eloisa Caimi

Resumo


A programação de computadores é uma competência técnica com potencial para o desenvolvimento cognitivo humano. Nesse sentido, é fundamental que seja explorada sua aplicabilidade no contexto da educação infantil, tema raro na produção científica na área de Educação. Assim, o estudo objetivou identificar a relação entre o conceito de equilibração majorante de Piaget com as atividades de programação de computadores realizadas por crianças da educação infantil participantes do Projeto Berçário de Hackers. Os procedimentos metodológicos utilizados constituíram-se de pesquisa qualitativa, com abordagem de pesquisa-ação, envolvendo observação participante nas oficinas e videogravações. O trabalho de campo foi desenvolvido com 19 crianças de cinco e seis anos, sendo selecionados dois estudantes para uma análise mais detida. Os resultados apontam para a presença de indícios de equilibração majorante, manifestada
em regulações ativas e automáticas.


Palavras-chave


Equilibração majorante. Programação de computadores. Berçário de hackers. ScratchJr.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2018.v27.n53.p251-270

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

 Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0