Círculo de estudos, observatório de educação e turismo de base comunitária: contribuições de metodologias participativas para o desenvolvimento local

Giovanna Del Gobbo, Eduardo José Fernandes Nunes, Anaie Leite Silva Morais

Resumo


Este trabalho discute metodologias participativas educacionais em dois países, Itália e Brasil, articuladas com as teorias sobre desenvolvimento local. Tanto o projeto do Círculo de Estudos (CE) na Itália quanto o Observatório de Educação de Jovens e Adultos do Território de Identidade do Sisal (OBEJA) e o Turismo de Base Comunitária (TBC no Cabula), na Bahia, Brasil, utilizam-se de metodologias que integram estratégias de intervenção social local, tendo como princípios o diálogo com a sustentabilidade, ação pública e a ação dos cidadãos. Na Itália, a Universidade de Florença, em parceria com o Centro de Educação Profissional na cidade de Gorizia, com financiamento da União Europeia, desenvolveu Círculos de Estudos com diferentes agentes sociais locais buscando estratégias de desenvolvimento local. No Brasil, na região do SISAL e na localidade do antigo quilombo Cabula Salvador, respectivamente o OBEJA e as intervenções do TBC em bairros populares, onde está inserida a Universidade do Estado da Bahia (UNEB), reacende perspectivas também para novos projetos de desenvolvimento local. Essas expreriências serão analisadas a partir de suas abordagens metodológicas e de suas ações para recuperar os conhecimentos e saberes de grupos sociais e a possibilidade de eles criarem seus próprios caminhos com autonomia e autogestão de seus ecossocioempreendimentos.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2018.v27.n52.p60-71

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0