REDEFINIÇÕES NO PAPEL DO ESTADO:TERCEIRA VIA, NOVO DESENVOLVIMENTISMO E AS PARCERIAS PÚBLICO-PRIVADAS NA EDUCAÇÃO

Vera Mria Vidal Peroni, Maria Raquel Caetano

Resumo


Este artigo tem como objetivo analisar as conexões entre o público e o privado, enfocando o contexto da relação entre o diagnóstico neoliberal, incorporado pela Terceira Via, o qual aponta o Estado como “culpado” pela crise. Além disso, visaà discussão das estratégias que propõem o deslocamento da execução das políticas sociais do Estado para a sociedade, e o que fica como propriedade do Estado adquire a orientação do mercado, considerado parâmetro de eficiência. O texto apresenta também um debate acerca das redefinições ocorridas no papel do Estado e do contexto atual de mudanças nas configurações entre o público e o privado, evidenciado na gestão pública, apontando o caso do Instituto Ayrton Senna como exemplo da materialização dessa proposta de uma parceria entre o setor público e o terceiro setor.


Texto completo:

PDF

Referências


ADRIÃO, T.; PERONI, V. Análise das consequências de parce-rias firmadas entre municípios brasileiros e a Fundação Ayrton Senna para a oferta educacional. Relatório de pesqui-sa. 2010. Disponível em:

br/faced/peroni>. Acesso em: 14 set. 2011.

ANTUNES, Ricardo. Os Sentidos do trabalho: ensaios sobre a afirmação e a negação do trabalho. São Paulo: Boitempo, 1999.

BRASIL. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Plano de Gestão do Governo Lula. Brasília, 2003.

______. Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. Carta de Brasília sobre Gestão Pública. Carta conjunta

do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Adminis-

tração (CONSAD) por ocasião do congresso do CONSAD. Brasília, 2008. Disponível em:

planejamento.gov.br/secretarias/upload/Arquivos/seges/CONSADCarta.pdf>. Acesso em: 10 abr..2012.

BRESSER PEREIRA, Luiz Carlos. A reforma do Estado dos anos 90: crise e reforma. Brasília, 1997. Disponível

em: . Acesso em: 03 jun. 1997.

______. Do antigo ao novo desenvolvimentismo na América Latina. Textos para Discussão – Escola de Economia

de São Paulo - FGV, n. 274, nov. 2010. Disponível em:

handle/10438/7726/TD%20274%20-%20Luiz%20Carlos%20Bresser%20Pereira.pdf?sequence=1>. Acesso em:

jan. 2012.

______. Estado e mercado no novo desenvolvimentismo. Nueva Sociedad, Caracas, Venezuela, n. 210, p. 156-

, jul./ago. 2007. Especial em português. Disponível em: < http://www.nuso.org/upload/articulos/3444_2.pdf>.

Acesso em: 23 fev. 2007.

CAETANO, Maria Raquel. Relações entre o público e o privado e a parceria com o Instituto Ayrton Senna no Projeto Piloto de Alfabetização: implicações na gestão pedagógica. 2010. Projeto de Tese (Doutorado em Educação)– Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2010.

CASSIA, Rosana de. Dilma instala hoje Câmara de Política de Gestão. O Estado de São Paulo, São Paulo, 11 maio 2011. Disponível em:

,0.htm>. Acesso em: 12 maio 2011.

CHESNAIS, François. A finança mundializada. São Paulo: Boitempo, 2005.

CONSELHO DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO E SOCIAL. CDES. Ata da 16ª reunião ordinária do pleno. Disponível em: . Acesso em: 28 fev. 2012.

GENRO, Tarso. Democratizar as relações entre governo e sociedade. In: Correa , Jaime Montalvo. et al. Novos

espaços democráticos. São Paulo: Fundação Perseu Abramo, 2003. (Coleção Cadernos da Fundação Perseu Abramo).

GIDDENS, Antony. A Terceira Via: reflexões sobre o impasse político atual e o futuro da social-democracia. Rio de Janeiro: Record, 2001.

GUIOT, André Pereira. Sociedade civil e hegemonia burgue-sa - o CDES nos Governos Lula da Silva. 2011.Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2012.

HARVEY, David. Condição pós-moderna. 4. ed. São Paulo: Loyola, 1989.

HAYEK, Friedrich. O caminho da servidão. Rio de Janeiro: Livraria O Globo, 1984.

JULIO. Carlos Alberto. Desenvolvimento de pessoas em larga escala. Entrevista de Viviane Senna. Revista Gestão e Inovação. São Paulo, s/n, p. 9-14, 2007.

KISSLER, Leo; HEIDEMANN, Francisco. Governança pública: novo modelo regulatório para as relações entre Estado, mercado e sociedade? Revista de Administração Publica, Rio de Janeiro, v. 40, n. 3, p. 479-499, maio/jun. 2006.

KOWARICK, Lucio. O conselho de desenvolvimento econômico e social: um processo em construção. 2003.

Disponível em: . Acesso em: 2 mar. 2012.

LUMERTZ, Juliana Selau. A parceria público-privada na educação: implicações para a gestão da escola. 2008.

f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2008.

MATTEI, Lauro. Gênese e agenda do “novo desenvolvi-mentismo brasileiro”. In: ENCONTRO INTERNACIONAL

DA ASSOCIAÇÃO KEYNESIANA BRASILEIRA, 4., 2011, Rio de Janeiro. Anais... Rio de Janeiro: Associação Keinesiana Brasileira, 2011.

MÉSZAROS, István. Para além do Capital. São Paulo: Boitempo; Campinas: Editora da UNICAMP, 2002.

Oliva , Aloísio Mercadante. As bases do novo desenvolvi-mentismo no Brasil: análise do governo Lula (2003-

. 2010. 537 f. Tese (doutorado em Ciências Econômicas) – Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2010.

PECCI, Alketa; PIERANTI, Octavio Penna; RODRIGUES, Silvia. Governança e New Public Management: convergências

e contradições no contexto brasileiro. Revista Organização & Sociedade, v. 15, n. 46, p. 39-55, jul./set. 2008.

PERONI, Vera Maria Vidal. Política educacional e papel do Estado no Brasil dos anos 90. São Paulo: Xamã, 2003.

______. Mudanças na configuração do Estado e sua influência na política educacional. In: PERONI, V. M. V.; BAZZ O, V. L.; PEGORARO, L. (Org.). Dilemas da educação brasileira em tempos de globalização neoliberal: entre o público e o privado. Porto Alegre: UFRGS, 2006.

______. A relação público/privado e a gestão da educação em tempos de redefinição do papel do Estado. In: ADRIÃO,

Theresa; PERONI, Vera. Público e privado na educação: novos elementos para o debate. São Paulo: Xamã, 2008a.

______. O público e o privado na gestão e financiamento de sistemas educacionais públicos: um estudo dos programas

da Rede Vencer, coordenado pelo Instituto Ayrton Senna. In: ALBUQUERQUE, Maria Gláucia M. Teixeira;

FARIAS, Isabel Maria Sabino de; RAMOS, Jeannette Filomeno Pouchain (Org.). Política e Gestão Educacional: contextos e práticas. Fortaleza: UECE, 2008b.

______; CAETANO, Maria Raquel. Redefinição do papel do Estado e a política educacional brasileira. Revista Educação e Humanismo, Bolívia, v. 13, n. 20, p. 234-253, 2011.

PIRES, Daniela de Oliveira. A configuração jurídica e normati-va da relação público-privada no Brasil na promoção do direito à educação. 2009. 186 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2009.

______; PERONI, Vera Maria Vidal. Terceira Via e Terceiro Setor: aspectos jurídicos e consequências para a política

educacional brasileira. Revista Políticas Educativas, v. 3, n. 2, p. 56-73, 2010.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2012.v21.n38.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0