APRENDIZAGEM PROFISSIONAL NO ESTÁGIO EM CRECHE: REPRESENTATIVIDADE E SIGNIFICADO ATRIBUÍDO A DIMENSÕES DA PEDAGOGIA

Sara Barros Araújo

Resumo


A formação profissional de educadores(as) de infância para o trabalho em creche tem sido reconhecida como influente na qualificação destes serviços, embora seja frequentemente caracterizada como insuficiente e/ou desajustada às necessidades associadas ao perfil e respetivas funções profissionais. O presente estudo situase na formação inicial de educadores(as) de infância, pretendendo analisar a representatividade e significado atribuído a dimensões pedagógicas na aprendizagem profissional no âmbito do estágio em creche. Dados oriundos de 41 relatórios de estágio foram sujeitos a análise dedutiva, com base em dimensões da pedagogia identificadas na literatura. Os resultados evidenciaram seis dimensões com maior representatividade e significado nos relatos das estagiárias: experimentação de atividades [propostas pelo adulto], observação da criança e dos seus contextos proximais, organização de espaços e materiais, organização do tempo, interação adulto-criança e envolvimento das famílias. Adiantam-se algumas implicações ao nível dos processos de formação, com incidência na experiência formativa em contexto de estágio em creche.


Palavras-chave


Creche. Estágio. Aprendizagem profissional. Dimensões pedagógicas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2018.v27.n51.p29-44

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0