DIVERSIDADE NA EDUCAÇÃO BÁSICA: POLÍTICAS DE SENTIDO SOBRE A FORMAÇÃO DOCENTE

Jane Adriana Vasconcelos Pacheco Rios, Joana Maria Leôncio Nuñez, Osvaldo Francisco Ribas Lobos Fernandez

Resumo


O texto apresenta algumas notas teórico-metodológicas sobre diversidade na Educação básica através da investigação acerca de práticas educativas desenvolvidas pelo Programa Interinstitucional de Bolsas de Iniciação à docência – PIBID. Entendemos a diversidade como uma construção política, histórica e cultural das diferenças no espaço
escolar que se materializa nos processos de vida-formação dos sujeitos envolvidos.
Neste trabalho buscamos novos modos de produzir a docência no cotidiano escolar a partir da construção de dispositivos pedagógicos que tomam o tripé diversidade/diferença/direitos humanos como elemento fundador da ação docente. Para este estudo, utilizamos a pesquisa-formação, organizada a partir de três etapas: Pesquisa Exploratório-etnográfica, oficinas formativas e elaboração de memorial de Formação.
Os resultados deste trabalho apontam para outras políticas de sentido construídas sobre/na formação docente a partir da (re) politização que a diversidade produz sobre as práticas educativas fundamentadas numa perspectiva intercultural a partir do encontro com a pedagogia das diferenças na escola.


Palavras-chave


Diversidade. Educação básica. PIBID. Formação Docente.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRÉ, Marli Eliza D. A. de. Etnografia da prática escolar. 7. ed. Campinas, SP: Papirus, 2003.

CANDAU, Vera Maria (Org.). Didática crítica intercultural: aproximações. Petrópolis, RJ: Vozes, 2012.

CANEN, Ana; MOREIRA, Antônio Flávio Barbosa. Reflexões sobre o multiculturalismo na escola e na formação docente. In: ______ (Org.). Ênfase e omissões no currículo. Campinas: Papirus, 2001. p. 15-43.

FLEURI, Reinaldo Matias. Multiculturalismo e interculturalismo nos processos educativos. In: CANDAU, Vera Maria (Org.). Ensinar e aprender: sujeitos, saberes e pesquisa. Rio de Janeiro: DP&A, 2000. p. 67-81.

GEERTZ, Clifford. Os usos da diversidade. In: ______. Novas luzes sobre a Antropologia. Rio de Janeiro: Zahar, 2001. p. 68-85.

GOMES, Nilma Lino. Relações étnico-raciais, educação e descolo-nização dos currículos. Revista Currículo sem Fronteiras, v. 12, n. 1, p. 98-109, jan./abr. 2012.

JUNQUEIRA, Rogério Diniz, Homofobia nas escolas: um problema de todos. In: ______ (Org.). Diversidade sexual na educação: problematizações sobre a homofobia nas escolas. Brasília, DF: MEC/Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diver-sidade/UNESCO, 2009. p. 13-52.

LÉVI-STRAUSS, Claude. Raça e História. Antropologia Estrutural II. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1976.

LOURO, Guacira Lopes. Pedagogia da sexualidade. In: ______ (Org.). O corpo educado: pedagogias da sexualidade. 2. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2000. p. 7-34.

MOITA LOPES, Luiz Paulo. Sexualidades em sala de aula: discurso, desejo e teoria queer. In: MOREIRA, Antônio Flávio; CANDAU, Vera Maria (Org.). Multiculturalismo: diferenças culturais e práticas pedagógicas. 10. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2013. p. 125-148.

RIOS, Jane Adriana Vasconcelos Pacheco. Ser e não ser da roça, eis a questão! Identidades e discursos na escola. Salvador: EDUFBA, 2011.

SILVA, Tomaz Tadeu da (Org.). Identidade e diferença: a perspec-tiva dos estudos culturais. Petrópolis, RJ: Vozes, 2000.

SOUZA, Maria Izabel Porto de; FLEURI, Reinaldo Matias. Entre limites e limiares de culturas: educação na perspectiva

intercultural. In: FLEURI, Reinado Matias (Org.). Educação intercultural: mediações necessárias. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 53-84.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2016.v25.n45.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0