COINVESTIGAR A DISTÂNCIA EM TEMPOS DE CIBERCULTURA: RELATO DE UMA EXPERIÊNCIA SOBRE COEMPREENDER

Bento Duarte Silva, Karine Pinheiro Souza

Resumo


este artigo apresenta o recorte da validação de conceitos sobre empreender em rede (coempreender). Este processo foi realizado na fase de reflexão, a qual, pelo fato dos diversos atores implicados se encontrarem em lugares diversos (Inglaterra, Portugal e Brasil), apenas podia ser conseguido recorrendo às tecnologias da comunicação ubíqua.
Assim, neste artigo, efetuamos o relato dessa experiência de forma a averiguar até que ponto as tecnologias da comunicação ubíqua permitem e favorecem o processo de coinvestigação a distância. Com fundamento na teorização na Educação a Distância em tempos da Cibercultura e da construção do conhecimento nas redes educativas
online, a metodologia de pesquisa aproximou-se da estratégia de um grupo focal online e da coinvestigação (OKADA, 2014). Os participantes constituíram uma comunidade de investigação, usando as tecnologias de comunicação assíncrona (fórum, 13 participantes) e síncrona (webconferência, 10 participantes) para consolidar as categorias do coempreender. No tratamento de dados recorremos à sociometria e à análise de conteúdo. Os resultados mostram que tecnologias da comunicação ubíqua revelaram-se à altura do objetivo pretendido, pois, apesar da distância e dos participantes se encontrarem em lugares diferentes, foi possível construir conhecimento sobre o tema.


Palavras-chave


Investigar a distância. Redes educativas online. Tecnologias de comunicação ubíqua. Coinvestigação. Coempreender.

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, Nelsio Rodrigues; BALDANZA, Renata Francisco; GONDIM, Sônia. Os grupos focais on-line: das reflexões conceituais à aplicação em ambiente virtual. In: Journal of Information Systems and Technology Management, v. 6, n. 1, p. 05-24, 2009. Disponível em:

-17752009000100002&lng=pt&nrm=iso>. Acesso em: 18 abr. 2014.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2014.

BERNERS-LEE, Tim. The worl wide web: past, present and future. 1996. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2012.

______. The future of the world wide web. 2007. Disponível em: . Acesso em: 10 jul. 2012.

CASTELLS, Manuel. A era da informação: economia, sociedade e cultura. Vol. I – A sociedade em rede. Lisboa:Fundação Calouste Gulbenkian, 2002.

______. A galáxia internet. Reflexões sobre internet, negócios e sociedade. Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian,2004.

DEPONTI, Cidonea Machado. Teoria do Ator- Rede (ANT): reflexões teóricas. In: ENCONTRO NACIONAL DA

ANPPAS, 4, Brasília, DF, 2008. Anais... Brasília, DF: ANPPAS, 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2013.

FAYOLLE, Alan (Ed.). Handbook of research in entrepreneurhip education. vol. 2. Contextual perspectives.Cheltenham: Edward Elgar, 2007.

FILLION, Louis; DOLABELA, Fernando. Tke making of a revolution in Brazil: the introduction of entrepreneurrial pedagogy in the early stages of education. In: FAYOLLE, Alan (Ed.). Handbook of research in entrepreneurhip education. vol. 2. Contextual perspectives. Cheltenham: Edward Elgar, 2007. p. 13-39.

FOX, David. El proceso de investigación en educación. Pamplona: Universidade de Navarra, 1981.

GALEFFI, Dante, MODESTO, Maria Aparecida, SOUZA, Cláudio Reynaldo (Org.). Epistemologia, construção e difusao do conhecimento. Perspectivas em Ação. Salvador: EDUNEB, 2011

GARRISON, D. R. Three generation of technological innovations in distance education. Distance Education, v. 6, n. 2, p. 235-241, 1985.

GIBSON, William. Neuromante. Lisboa: Gradiva, 2004.

GOMES, Maria João. Gerações de inovação tecnológica no ensino a distância. Revista Portuguesa de Educação, v. 16, n. 1, p. 137-156, 2003.

______. Na senda da inovação tecnológica na educação a distância. Revista Portuguesa de Pedagogia, Coimbra,v. 42, n. 2, p. 181-202, 2008. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2012.

HALMANN, Adriane; PRETTO, Nelson. Bordas de nuvens: episteme emergente na produção e difusão do conhecimento na web 2.0. In: GALEFFI, Dante, MODESTO, Maria Aparecida, SOUZA, Cláudio Reynaldo (Org.). Epistemologia, construção e difusão do conhecimento. Perspectivas em Ação. Salvador: EDUNEB, 2011. p. 219-248.

KEEGAN, Desmond. The future of learning: from eLearning to mLearning. 2002. Disponível em: . Acesso em: 20 jun. 2008.

KURATKO, Donald. Entrepreneuship: theory, process, practice. South Wester: Cengage Learning, 2013.

KURZWEIL, Ray. The singularity is near: when humans transcend biology. New York: Viking Penguin, 2005.

LATOUR, Bruno. Ciência em ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. São Paulo: UNESP, 2000.

LAW, John. Notes on the theory of the Actor-Network: ordering, strategy and heterogeneity. Systems Practice, v. 5 p.379-393, 1992. Disponível em: . Acesso em: 20 set. 2013.

LÉVY, Pierre. A inteligência coletiva: por uma antropologia do ciberespaço. São Paulo: Loyola, 1998.

______. Cibercultura. Lisboa: Instituto Piaget, 2000.

LOPES, Rose Mary (Org.). Educação empreendedora: conceitos, modelos e práticas. São Paulo: Sebrae, 2010.

MANYKA, James. et. al. Disruptives technologies: advances that will transform life, business, and the global economy. McKinsey Global Institute. Full report, 2013. Disponível em: . Acesso em: 20 mar. 2014.

MOORE, Michael; KEARSLEY, Greg. Educação a distância. Uma visão integrada. São Paulo: Thompson Learning, 2007.

NEGROPONTE, Nicholas. Being digital. New York: Alfred Knopf, 1995.

OKADA, Alexandra. Competências chave para coaprednizagem na era digital. Fundamentos, métodos e aplicações. Santo Tirso: Whitebooks, 2014.

O’REILLY, Tim. What is Web 2.0 – Design patterns and business models for the next generation of software. 2005.

Disponível em: . Acesso em: 20 jul. 2012.

SAMPAIO, Renelson; SILVA, Rogério. Compartilhando saberes. In: SAMPAIO, Renelson; SOUZA, Claudio;SILVA, Rogério (Org.). Construção do conhecimento em organizações na perspectiva das Redes Sociais.Salvador: EDUNEB. 2013. p. 27-50.

SAMPAIO, Renelson; SOUZA, Claudio; SILVA, Rogério (Org.). Construção do conhecimento em organizações na perspectiva das Redes Sociais. Salvador: EDUNEB. 2013.

SANTAELLA, Lucia. Comunicação ubíqua. Repercussões na cultura e na educação. São Paulo: Paulus, 2013.

SANTOS, Edméa. Pesquisa-formação na cibercultura. Santos Tirso: Whitebooks, 2014.

SARKAR, Soumodip. Empreendedorismo e inovação. Lisboa: Escolar, 2014.

SELBER, Stuart. Multiliteracies for a digital age. Carbondale: Southern Illinois University Press, 2004.

SENGES, Max; BROWN; John Seely; RHEINGOLD, Howard. Entrepreneurial learning in the networked age. How

new learning environments foster entrepreneurship and innovation. Paradigms 1, p. 125-140, Dec. 2008. Disponível

em: . Acesso em: 10 mar. 2014.

SILVA, Bento. Tecnologias, ecologias da comunicação e contextos educacionais. In: MARTINS, Moisés; PINTO,Manuel (Org.). Comunicação e cidadania – Actas 5º Congresso da Associação Portuguesa de Ciências da Comunicação. Braga: Centro de Estudos de Comunicação e Sociedade (Universidade do Minho), 2008. p. 1908-1920.

______. Cenários educativos de inovação na sociedade digital: com as tecnologias o que pode mudar na escola? In:FERREIRA, Ana Cristina (Org.). Nas pegadas das reformas educativas: Conferências do I Colóquio cabo-verdiano realizado no Departamento de Ciências Sociais e Humanas da Universidade de Cabo Verde. Praia: Universidade de Cabo Verde, 2014. p. 38-55.

SILVA, Bento; CONCEIÇÃO, Silvia. Desafios do B-learning em tempos da cibercultura. In: In: ALMEIDA, Maria Elizabeth; DIAS, Paulo; SILVA, Bento. Cenários de inovação para a educação na sociedade digital. São Paulo: Loyola, 2013. p. 137-161.

SILVA, Bento; FALAVIGNA, Gladis. Aprendizagem ubíqua na modalidade b-learning: estudo de caso do Mestrado de Tecnologia Educativa da UMinho. In: COLÓQUIO LUSO-BRASILEIRO SOBRE QUESTÕES CURRICULARES – “Currículo na contemporaneidade: internacionalização e contextos locais”, 7., 2014, Braga, Portugal.

Anais... Braga: Universidade do Minho, 2014.

SILVA, Bento; FERREIRA, Maria Conceição. Interacção(ões) Online e categorias de análise sobre interacções: um diálogo em construção. In: SILVA, Bento. et. al (Org.). Actas do X Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2009. p. 5780-5794.

SILVA, Bento; PEREIRA, Maria da Graça. Reflexões sobre dinâmicas e conteúdos da cibercultura numa comunidade de prática educacional. In: SILVA, Marco (Org.). Formação de professores para a docência online. São Paulo: Loyola, 2012. p. 29-51.

SILVA, Marco (Org.). Educação online. Teorias, práticas, legislação e formação cooperativa. São Paulo: Loyola, 2003.

______. Formação de professores para a docência online. In: SILVA, Bento. et. al. (Org.). Actas do X Congresso Internacional GalegoPortuguês de Psicopedagogia. Braga: Universidade do Minho, 2009. p. 25-40.

SILVA, Maria Graça. Mobilidade e construção do currículo na cultura digital. In: ALMEIDA, Maria Elizabeth;DIAS, Paulo; SILVA, Bento. Cenários de inovação para a educação na sociedade digital. São Paulo: Editora Loyola, 2013. p.123-135.

SOUZA, Karine. Tecnologias de informação e comunicação & empreendedorismo: os novos paradigmas e aprendizagens de jovens empreendedores e as suas inovações tecnológicas. 2014. 659 f. Tese (Doutorado em Ciências da Educação) – Universidade do Minho, Braga, Portugal, 2014.

SOUZA, Maria Carolina; BURNHAM, Teresinha Froes. Produção e compartilhamento do conhecimento em cursos a distância. In: GALEFFI, Dante, MODESTO, Maria Aparecida, SOUZA, Cláudio Reynaldo (Org.). Epistemologia, construção e difusão do conhecimento. Perspectivas em Ação. Salvador: EDUNEB, 2011. p. 248-277.

SPIVACK, Nova. Making sense of the semantic web. 2007. Disponível em: . Acesso em: 13 jul. 2012.

UNIVERSIDADE DO MINHO. Visita virtual. Citânia de Briteiros. Casa do Conselho. Braga, Portugal, 2015.

Disponível em: . Acesso em:15 maio 2014.

WATZLAWICK, Paul; BEAVIN, Janet; JACKSON, Don. Pragmática da comunicação humana. São Paulo: Cultrix, 1973.

WENGER, Etienne; MCDERMOTT, Richard; SNYDER, William. Cultivating communities of practice: a guide to managing knowledge. Boston: Harvard Business Scholl Press, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.21879/faeeba2358-0194.2015.v24.n44.p%25p

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


e-ISSN: 2358-0194

 Classificação Qualis CAPES:

 Educação - A2

  Indexadores:

       

      

   

      

 

  Localização dos Acessos:


 

  Licença Creative Commons

Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0