INTELECTUAIS NEGROS(AS) E NEGROS(AS) INTELECTUAIS: BREVE REFLEXÃO SOBRE O CONCEITO

Paulo Marcos Pereira

Resumo


O presente ensaio é uma reflexão que sobre o conceito de intelectual quando atribuído a pessoas negras. Objetiva inventariar as principais contribuições de alguns autores para o debate sobre intelectuais, a partir de uma revisão bibliográfica. Inicialmente trataremos do uso do termo intelectual no sentido mais amplo. E em seguida, focaremos nossa atenção na complexidade e implicações do uso do termo intelectual no caso de pessoas negras, tratando ainda das variações encontradas na literatura consultada: intelectual negro, negro intelectual e negro-intelectual.


Texto completo:

PDF

Referências


BOBBIO, N. Os intelectuais e o poder: dúvidas e opções dos homens de cultura na sociedade contemporânea. São Paulo: Editora UNESP, 1997.

FOUCAULT, M. Microfísica do poder. Trad. & Org. Roberto Machado. 18. ed. Rio de Janeiro: Graal, 2003.

GRAMSCI, A. Os intelectuais e a organização da cultura. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1982.

LOPES, Nei. Dicionário escolar afro-brasileiro. São Paulo: Selo Negro Edições, 2006.

MAZRUI, Ali al-Amian. et.al. Tendências da filosofia e da ciência na África. In: MARUI, Ali al-Amin; WONDI, Chistophe (ed). História geral da África desde 1935. Brasília: UNESCO, 2010.

OLIVEIRA, E. R. Negro Intelectual, Intelectual Negro ou Negro-Intelectual: considerações do processo constituir-se negro-intelectual. 2014. 205f. Tese

(Doutorado em Educação) Universidade Federal de São Carlos – UFSCAr. 2014.

SAID, E. Representações do intelectual: as conferências de Reith de 1993. Trad. Milton Hatoum. São Paulo: Companhia das Letras, 2005.

SCHULER, Alessandra Frota Martinez de. “Fazer artes e viver de ofício”: trabalho, liberdade e educação no pensamento de Manuel Querino (1851-1923). In.: Anais do XXVI Simpósio Nacional de História. Conhecimento Histórico e Diálogo Social, Natal – RN, 22 a 26 de julho de 2013.

SANTOS, S. A. dos. Movimentos negros, educação e ações afirmativas. 554 f. 2008. Tese (Doutorado em Sociologia) -Universidade de Brasília, Brasília, 2008.

SILVA, R. F. da. Trajetórias de dois intelectuais negros brasileiros: Abdias Nascimento e Milton Santos. 2010. 233f. Tese (Doutorado em Estudos Étnicos e Africanos) Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal da Bahia. 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Revista Encantar - Educação, Cultura e Sociedade

____________________________________________________________

Revista Encantar: Educação, Cultura e Sociedade

Pré-avaliação Qualis 2019: B2

Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias – DCHT Campus XVII
Universidade do Estado da Bahia - UNEB
revistaencatar@gmail.com.br

 

Licença Creative Commons

Este trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional