EJA: uma educação para o trabalho ou para a classe trabalhadora?

Adriana de Almeida

Resumo


Compreendendo a Educação de Jovens e Adultos - EJA enquanto locus aglutinador de uma classe social que se sustenta a partir de suas experiências coletivas, este artigo apresenta discussões sobre o Parecer CNE/CEB nº 11/2000 que instituiu as Diretrizes Curriculares para essa modalidade da Educação Básica. As discussões são realizadas considerando as categorias experiência e classe social, identificadas no documento, a partir das construções teóricas de Edward Palmer Thompson. Os estudos desse autor são abordados por entendermos a relevância de seus debates para compreendermos a gênese identitária da EJA enquanto sendo formada por uma classe trabalhadora. Apresentamos uma breve discussão sobre a formação da classe social e defendemos uma educação voltada para o trabalho ontológico, como a formação integral do ser social, refletindo sobre as posturas adotadas pelas políticas educacionais que reforçam a representação moral e imediata do trabalho enquanto inserção profissional. As referências apontam para uma EJA que se realiza nos espaços escolares, compreendendo-os como espaço de resistência e potencialidade e, consequentemente, de vínculos com o processo de emancipação humana.


Palavras-chave


Classe Social; Educação de Jovens e Adultos; Experiência

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários


Direitos autorais 2016 Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos

ISSN 2317-6571

ESTA REVISTA ESTÁ INDEXADA EM:

DIADORIM, PORTAL SEER, Periódicos CAPESDOAJ, JournalTOCs, CREFAL - Recursos Especializados en EPJA, Latindex

 

QUALIS B1 em Ensino

QUALIS B2 em Educação

QUALIS B3 em Planejamento Urbano e Regional/Demografia

QUALIS B3 em Interdisciplinar

QUALIS B5 em Comunicação e Informação

A Revista Brasileira de Educação de Jovens e Adultos é uma publicação do Grupo de Pesquisa Cultura, Currículo e Políticas na Educação de Jovens e Adultos - CULT-EJA.

VISITANTES:  contador de acessos