TPACK NO ENTRELAMENTO COM O PROJETO DA “A RADIO DA ESCOLA NA ESCOLA DA RÁDIO”

KÁTIA SOANE SANTOS ARAÚJO

Resumo


O TPACK é uma proposta educacional, originada de uma teoria americana (SHULMAN, 1986; 1987) que associa o conhecimento do conteúdo com as estratégias pedagógicas desenvolvidas pelos docentes, a junção desses dois aspectos tornam-se um elemento-chave para que o professor desenvolva uma prática pedagógica condizente com as capacidades de aprendizagem dos alunos. Misha e Koehler (2005), por meio dessa concepção, integrou o conhecimento de conteúdo pedagógico ao componente do conhecimento tecnológico, desenvolvendo assim o modelo TPACK. Essa teoria é simbolizada por meio do diagrama Venn, a qual é traduzida por meio de três círculos sobrepostos, onde cada um representa um conhecimento específico do professor. A estrutura inclui três categorias fundamentais de conhecimento: Conhecimento do Conteúdo (CK – Content Knowledge), Conhecimento Pedagógico (PK – Pedagogical Knowledge) e Conhecimento Tecnológico (TK – Technological Knowledge). De acordo com o modelo, a combinação destes três tipos fundamentais de conhecimento resulta em outros quatro tipos de conhecimento: o Conhecimento Pedagógico de Conteúdo (PCK – Pedagogical Content Knowledge), o Conhecimento Tecnológico e Pedagógico (TPK – Technological Pedagogical Knowledge), o Conhecimento Tecnológico de Conteúdo (TCK – Technological Content Knowledge) e, pela união de todos, o Conhecimento Tecnológico e Pedagógico do Conteúdo – TPACK (CIBOTTO e OLIVEIRA 2013, p. 03). Nesse sentido, esse resumo tem o objetivo de apresentar os diapositivos da Educação Científica e a relação dialógica entre o projeto “A rádio da escola na escola da rádio” e a teoria do TPACK. A proposta apresenta um recorte empírico da discussão sobre as principais dinâmicas que envolvem a Educação Científica, o conhecimento tecnológico, do conteúdo e as ações pedagógicas desenvolvidas pelos professores/pesquisadores, no âmbito do projeto “A Rádio da Escola na Escola da Rádio”. A Educação Científica é uma intervenção por meio de um processo investigativo, interlocutório, contínuo, solidário, alicerçado na práxis e na dialógica à construção do conhecimento A proposta esta que visa detectar no cotidiano das escolas partícipes, se existe ações articuladas com os conhecimentos do TPACK e a Educação Científica para a valorização dos espaços vividos e as narrativas dos sujeitos. A abordagem metodológica é alicerçada na pesquisa qualitativa e no método da pesquisa participante, uma estrutura de pesquisa que reconstrói o modelo hegemônico de ciência, isto porque a proposta aqui delineada apoia-se na perspectiva de investigação por meio do engajamento direto com o objeto discutido. Nesse sentido, o projeto emerge e se descortina como alternativa para superar os pressupostos tradicionais que norteiam o processo educativo e negam a Educação Científica como possível e urgente na Educação Básica. Proposta que denotam outras concepções necessárias às dinâmicas da sociedade atual, mediadas pelas TIC e seus dispositivos, pelas quais a lógica da hipertextualidade se presentifica nas relações e nos processos formativos.

Palavras-chave


TPACK; Projeto “A rádio da escola na escola da rádio”; Educação Científica

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 KÁTIA SOANE SANTOS ARAÚJO


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.