PROJETO DE VIDA E FORMAÇÃO CONTINUADA DO ESTUDANTE DO ENSINO MÉDIO DO COLÉGIO DA POLÍCIA MILITAR – DENDEZEIROS: UM RELATO DE EXPERIÊNCIA DO PROTAGONISMO JUVENIL

MARIA DA CONCEIÇÃO NASCIMENTO MARQUES, ROGÉRIO PAIXÃO, ADELSON DA SILVA COSTA

Resumo


O relato de experiência apresenta uma atividade desenvolvida em sala de aula de nove turmas do 3º ano do Ensino Médio, durante a terceira unidade do calendário escolar, de agosto a outubro de 2017, no Colégio da Polícia Militar do Estado da Bahia – Unidade Dendezeiros, em Salvador, através dos conteúdos de Sociologia, com apoio em algumas turmas do professor de Filosofia, teve como objetivo motivar o estudante a pensar seu projeto de vida após a saída da educação básica, em relação à formação continuada, enquanto um desafio, entregar ao jovem a condição de fazer escolha a partir da investigação e pesquisa sobre alguns itens importantes no momento da tomada de decisão de qual melhor caminho escolher após a educação básica. Fechar um ciclo, abrir outro, foi uma das questões abordadas. A metodologia utilizada em sala de aula construída de forma participativa e coletiva. Os estudantes conheciam o objetivo da atividade e ficaram livres para escolha da apresentação do resultado da pesquisa, com a possibilidade de agregar outras informações se considerassem importantes, através de apresentação em grupo, por área do conhecimento. Diversidade grande de formações: graduação, formação militar e técnico: Medicina, Letras, Exército, História, Artes, Direito, Fisioterapia, Gastronomia, etc. Os itens exigidos para início da pesquisa: a escolha de curso pretendido, instituições que ofertam o referido curso, habilidades e competências necessárias, matriz curricular, tipos de atividades a serem realizadas no término do curso, mundo do trabalho. O resultado da pesquisa ocorreu em sala de aula, em formato de exposições, através de comunicação oral com e sem o uso de slides, telas de pinturas, em formato de feira, com objetos concernentes ao curso escolhido, vestuário relacionado, etc. A escolha do período, final de ano letivo, deixou um pouco de brechas para que alguns educandos, uns cinco, não se envolvessem muito com a proposta, a falta de controle no tempo de apresentações atrasou alguns trabalhos, mas de um modo geral o resultado foi bastante significativo, concretizado em algumas palavras que representam a avaliação realizada pelos jovens: incentivador, conhecimento, aprendizado, produtivo, desafiador, dúvida, desespero, esperança, responsabilidade, futuro, dinheiro, orientação. Saíram do tripé: Medicina, Direito e Engenharia, observaram as demandas mais recentes, alguns ficaram surpresos com as descobertas no processo da pesquisa, reiterando ou realizando novas escolhas. A socialização das pesquisas motivou questionamentos, através do diálogo entre os envolvidos, sobre o formato dos cursos e conceitos desconhecidos pelos educandos e a apresentação exigiu o uso da oralidade, de forma clara e objetiva e do planejamento antecipado da exibição do resultado da pesquisa. Prática significativa para desenvolvimento da autonomia e protagonismo dos jovens e aproximação docente na discussão sobre formação continuada.

Palavras-chave


Escola; Desafio; Prática

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 MARIA DA CONCEIÇÃO NASCIMENTO MARQUES, ROGÉRIO PAIXÃO, ADELSON DA SILVA COSTA


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.