LETRAMENTO CITADINO: POTENCIAIS DO K-ÁGORA COM ALUNOS DO ENSINO FUNDAMENTAL I DA REDE MUNICIPAL

NINA FLORA MIRANDA LUCAS, TÂNIA MARIA HETKOWSKI

Resumo


A conjuntura educacional contemporânea passa por constantes processos de mudanças nos âmbitos social, cultural, histórico e econômico, a exemplo, os avanços tecnológicos, mudanças que despertam outros olhares e a necessidade de (re)significar novas práticas pedagógicas na sala de aula, com a intenção de mobilizar trocas e construções de conhecimentos e informações. Neste contexto, esta pesquisa teve como objetivo compreender as possibilidades das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), representadas pelo artefato tecnológico K-Ágora, redimensionando seu uso à contribuição de práticas pedagógicas na sala de aula, potenciais ao letramento citadino com alunos do Ensino Fundamental I da Rede Municipal de Salvador (BA). A presente pesquisa está vinculada a um dos projetos articuladores do Grupo de Pesquisa GEOTEC (Geotecnologias, Educação e Contemporaneidade), o K-Lab – Laboratório de Projetos, Processos Educacionais e Tecnológicos, o qual vem desenvolvendo pesquisas nas escolas parceiras da Rede Municipal de Salvador-Ba com a pretensão de desenvolver pesquisas, práticas e experiências, enfatizando como eixo temático as dinâmicas socioespaciais. A ferramenta K-Ágora utilizada na referida pesquisa possibilita a exploração de mapas de qualquer lugar do planeta; permite simular a construção de uma cidade valorizando os aspectos considerados significativos para/na vida do cotidiano do aluno; e estimula a sua criatividade e seu entendimento sobre as dinâmicas socioespaciais. Sendo assim, no intento de explorar o uso da escrita e leitura relacionadas ao entendimento das dinâmicas socioespaciais, foi adicionado ao K-Ágora, a funcionalidade Cartas Voadoras. De maneira resumida, essa opção motivou os alunos a externarem, por meio da escrita, suas experiências e o que consideram significativos à sua vida em relação ao lugar de vivência na cidade (bairro, rua). Para tanto, inicialmente foi realizada uma investigação acerca das potencialidades das TIC, representada pelo K-Ágora, como possibilidades à construção de novas práticas pedagógicas de letramento citadino na sala de aula. Neste contexto, a pesquisa coloca-o em destaque baseada no conceito de práticas sociais da escrita através da valorização das dinâmicas socioespaciais e experiências dos sujeitos na Cidade de Salvador–Ba. Os pressupostos metodológicos foram baseados na Pesquisa Colaborativa Aplicada, valorizam os processos participativos que a constituem, no desejo mútuo de fazer e sofrer intervenções; e Aplicada por promover a construção de conhecimentos e relação dialética com todos os sujeitos envolvidos na pesquisa. Desta forma, desenvolvemos uma proposta de intervenção, na qual foram realizados encontros formativos destacando as práticas de letramento a partir do entendimento das dinâmicas socioespaciais do bairro onde os alunos vivem mediadas pelo K-ágora. Como frutos deste trabalho têm-se os registros das ações desenvolvidas como indicadores aos professores para o desenvolvimento de outras práticas pedagógicas direcionadas a leitura e da escrita através do artefato K-ágora.

Palavras-chave


TIC; Práticas Pedagógicas; Letramento Citadino

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 NINA FLORA MIRANDA LUCAS, TÂNIA MARIA HETKOWSKI


 

Universidade do Estado da Bahia – UNEB – Campus I
Rua Silveira Martins, 2555, Cabula – Salvador-BA
CEP 41.150-000
Prédio da Pós-Graduação em Educação – GEOTEC

 
ISSN: 2674-7227

PERIODICIDADE: Bienal

INDEXADORES E DIRETÓRIOS: 


Todo o conteúdo publicado nestes Anais está licenciado com uma Licença Creative Commons - Attribution-ShareAlike 4.0 International.