O (IN)SUCESSO ESCOLAR NOS TEARES DOS REGISTROS ESCOLARES

Clélia Gomes dos Santos, Grace Itana Cruz de Oliveira

Resumo


Neste artigo apresentamos um estudo que mapeou os índices de reprovação e evasão a partir da análise de atas de resultados finais de turmas do 2º Ano do ano de 2012, em uma escola de ensino médio do município de Ibiassucê/BA, no intuito de analisar se há ou não relação entre práticas disciplinares e fracasso escolar. A pesquisa teve como base teóricos que discutem temas ligados à História da Educação, Cultura Escolar, Disciplinas e Práticas Pedagógicas como Charlot (2000), Benavante (1990), Foucault (2004) e Bourdieu (2002) por este discutir estratégias e táticas escolares que permitem a transmissão de conhecimentos circunscritos a um espaço/tempo. Através desse estudo, percebeu-se que os registros escolares constituíram fonte para a reafirmação de que o fracasso escolar precisa ser visto a partir de aspectos intrínsecos e extrínsecos a escola, de modo a repensar o processo de ensino e das práticas escolares existentes.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ENDEREÇO DE CONTATO

Departamento de Ciências Humanas, Campus VI da Universidade do Estado da Bahia

Endereço: Av. Contorno, S/N, Bairro, São José, Caetité, Bahia

CEP: 46.400-000

Sala de Editoração: Laboratório de Ensino, Discruso e Sociedade (Labo DisSE)

Telefones: (77) 3454-2021 ou (77) 9 9134-3435