O Folclore Ucraniano em duas narrativas de Gógol

Rodrigo do Prado Bittencourt

Resumo


Este artigo analisa duas novelas de Gógol: “Noite de Natal” e “Viy”. Os dois textos têm características de narrativa folclórica e descrevem a ação de seres sobrenaturais e acontecimentos extraordinários. A vida nas pequenas aldeias ucranianas, descrita por Gógol, pauta-se na independência típica dos cossacos e no gozo dos prazeres. Além disso, há a integração social das mais diversas personagens, mesmo das bruxas. Trata-se de outra realidade, bem distante daquela formada pelo capitalismo moderno e pela moralidade cristã tradicional.

Palavras-chave


Gógol; Literatura; Folclore; Culpa; Capitalismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



BABEL: Revista Eletrônica de Línguas e Literaturas Estrangeiras - ISSN 2238-5754 | Departamento de Educação DEDC II - Universidade do Estado da Bahia